Home»Entrevista»Sócio de agência premiada dá dicas para alcançar sucesso

Sócio de agência premiada dá dicas para alcançar sucesso

1
Shares
Pinterest Google+

Ao Vivo: Márcio Lima, sócio-proprietário da agência de comunicação BM2, esclarece dúvidas sobre o mercado publicitário em Goiânia #aovivodiariodoestado

Posted by Diário Estado on Tuesday, October 3, 2017

A Agência BM2 Comunicação foi uma das vencedoras do prêmio ‘Os Mais Influentes da Comunicação em Goiás – 2017’. Com apenas três anos de fundação, a empresa, de propriedade de Márcio Lima e Bruno Nascimento, levou o troféu da categoria Agência Revelação.

Em entrevista ao Diário do Estado, Lima descreveu a sensação de receber um dos principais prêmios do estado. “Foi uma surpresa. Honestamente não esperávamos ser reconhecidos e receber este prêmio. Quando a Contato nos informou que estávamos concorrendo, ficamos felizes. O prêmio vem coroar o que nós imaginamos quando criamos a BM2. Uma das premissas da BM2 sempre foi essa: valorizar nosso cliente e nosso público-alvo”, afirmou.

Contente com o sucesso de sua agência, Márcio Lima valoriza a equipe e revela que o processo de criação é integrado e sem pressão de hierarquias. O maior diferencial, segundo Lima, é maneirar na pressão na atividade criativa. “Temos que criar todo dia algo novo. E não é todo dia que você tem um ‘Eureka!’. Se se você pressionar demais, o processo criativo não acontece”, ponderou.

Para driblar a falta de ideias, aliás, Lima tem uma recomendação. “Ócio criativo. O ócio criativo é você desligar totalmente daquilo para que as ideias voltem”, conta.

Driblando a crise

Embora já tenha sido pior, a crise econômica é grande no Brasil. Com isso, o investimento em marketing, publicidade e propaganda é o primeiro a ser cortado pelos empresários. Muitas agências sucumbiram durante a crise, mas a BM2 de Márcio Lima, que nasceu em meio ao caos, conseguiu crescer. “Nós sentimos muito no ano de 2014. Depois, em 2015, foi um ano de readequação, um ano preocupante para as agências de publicidade”, lembrou.

Apesar da recuperação lenta, Márcio já vê o mercado publicitário reagir à crise. ” No primeiro semestre de 2016, a movimentação em publicidade e propaganda foi de R$60 bilhões. No primeiro semestre deste ano, houve um crescimento de 1,6%. Começa a reagir. Deve voltar a crescer. Os governos federal e estadual estão fomentando isso, bem como a indústria farmacêutica”, detalhou.

Para atingir o sucesso em pouco tempo, não há receita, de acordo com o empresário. Contudo, algumas dicas podem ser seguidas para alcançar os objetivos.

Trabalho. Trabalho. Trabalho. Planejamento. Planejamento. Planejamento. E execução. Não existe receita. Nos últimos três anos e meio, eu mergulhei no trabalho. Não tenho mais vida social. Eu acredito que para você se destacar tem que fazer uma coisa bem feita. Temos que nos colocar no lugar do cliente. Naquele investimento que ele fez, ele acreditou na empresa, na equipe e espera retorno. É muito frustrante uma pessoa acreditar em você, na sua equipe, e ela não ter retorno. Tem que ter uma equipe muito boa.