Home»Poder»Cármen Lúcia participa de reunião em Goiás para discutir sistema penitenciário

Ministra discutiu com autoridades do estado medidas para crise do sistema penitenciário do País após casos de rebelião em presídio de Aparecida

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, esteve reunida na manhã dessa segunda-feira, 8, com o governador Marconi Perillo, com o secretário de Segurança Pública de Goiás Ricardo Balestreri e demais autoridades da segurança pública e da Execução Penal, no Tribunal de Justiça, em Goiânia. Foram discutidas medidas para a crise do sistema penitenciário, após três casos de rebelião no Complexo Prisional de Aparecida que ocorreram na primeira semana do ano.

“A visita da ministra é importante para que sejam definidas soluções definitivas para o sistema penitenciário do Estado”, avaliou Marconi. “Estamos aqui para buscar soluções concretas, cada um fazendo sua parte. Estamos aqui para buscar solução do problema em benefício do cidadão, que não pode viver com medo. E o preso tem que saber que tem o Judiciário atento ao que está acontecendo”, completa a presidente do STF. Na reunião, Marconi destaca que outras rebeliões foram frustradas no Estado de Goiás graças ao serviço de inteligência das polícias.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!


Comente a vontade