0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A Rotam conseguiu prender suspeitos de assaltarem um juiz no Setor Jardim Goiás, em Goiânia na noite deste domingo (20). O primeiro localizado estava no Cais do Setor Amendoeiras, atingindo por um tiro no braço após reação do magistrado ao assalto.

Ao ser encontrado pelos policiais, Johnnatan Rodrigues Costa, de 24 anos, confessou ter participado do crime, mas informou que não sabia informar onde estariam os outros comparsas. A equipe da Rotam conseguiu localizar o irmão de um dos autores que disse saber apenas onde eles moravam.

Com as informações repassadas pelos suspeitos, a polícia conseguiu localizar em patrulhamento um veículo com duas mulheres e um menor. Em busca pelo celular de uma das abordas, a equipe descobriu um áudio onde o namorado da mulher, Lucas Fernando Dos Santos Cardoso Dias, teria dito a ele que um assalto teria terminado em troca de tiros e que Johnatan havia sido alvejado. O outro envolvido no crime seria Thiago Borges Soares.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, Lucas e Thiago tinham diversas passagens pela polícia e o primeiro era inclusive foragido da Justiça. Na casa de Lucas foram localizados três veículos roubados, dois bloqueadores de sinal e diversos pertences de vítimas de outros crimes.

Lucas e Thiago ainda não foram presos.

Johnnatan e as outras duas mulheres, Camila Alexandre Carvalho, de 19 anos, e Maria Caroline Alcantara Carvalho, de 23 anos, foram encaminhados a central de flagrantes autuados por tentativa de latrocínio, associação criminosa e corrupção de menores.

Caso
O juiz Átila Naves do Amaral, da2° vara cível de Goiânia, foi baleado de raspão após tentativa de assalto enquanto saía de um prédio no Jardim Goiás. Ele foi encaminhado ao Instituto Goiano de Ortopedia (IGO) e não corre risco de morte.

.