Home»Cotidiano»Taxa de Famílias brasileiras endividadas em 2017 é maior que em 2016

Dividas de cartão de crédito continuam sendo a principal forma de inadimplência

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A taxa de famílias brasileiras endividadas em 2017 foi de 62,2%,  percentual acima dos 59% de 2016. Os dados, registrados em dezembro, são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada hoje (5) no Rio de Janeiro.

Para 76,7% das famílias que possuem dívidas, o cartão de crédito continua como a principal forma de endividamento, seguido de carnês (17,5%) e financiamento de carro (10,9%). .

As famílias inadimplentes, com dívidas ou contas em atraso, ficaram em 25,7% em dezembro, acima dos 24% de dezembro de 2016. Já o percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar as suas contas ou dívidas em atraso ficou em 9,7%, acima dos 9,1% de dezembro de 2016.

A proporção de famílias que disseram estar muito endividadas ficou em 14,6%, mesmo resultado de dezembro de 2016. O tempo médio de atraso para o pagamento de dívidas foi de 64,3 dias em dezembro de 2017, superior aos 63,8 dias do mesmo período do ano anterior. (Com informações da Agência Brasil).

 

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!


Comente a vontade