10 crimes que chocaram o mundo

Confira a lista com alguns dos crimes mais assustadores que chocaram a humanidade ao longo dos anos

Já está disponível no catálogo da Amazon Prime os dois filmes que narram por perspectivas diferentes o crime que chocou o Brasil em 2002. A jovem Suzane Von Richthofen, junto ao seu namorado Daniel Cravinhos e seu irmão Cristian Cravinhos, assassinaram seu pai Manfred von Richthofen e sua mãe Marísia. Apesar do acontecimento ser muito chocante e conhecida por todos os brasileiros, não foi o único crime assustador e brutal cometido na história. O mundo em que vivemos é também palco de inúmeros crimes que ocorreram ao longo da história da humanidade, alguns deles atém mesmo sem solução e que até hoje permanecem sem respostas. Pensando nisso, o Diário do Estado preparou uma lista com 10 crimes cometidos ao longo da história e que chocaram a humanidade.

10. Elizabeth Short

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Dália Negra (Elizabeth Short): o assassinato que abalou o mundo

Um dos crimes mais assustadores e sem resposta da história foi o assassinato da atriz norte-americana Elizabeth Short. Em 1947, o corpo da Dália Negra – apelido por que era conhecida – foi encontrado num terreno baldio em Los Angeles (Estados Unidos). O corpo da atriz estava mutilado e cortado ao meio da cintura para cima e os órgãos também foram retirados. Apesar de terem existido muitos suspeitos do homicídio, o crime nunca foi solucionado e até hoje permanece um mistério.

9. Charles Manson

Conheça a influência de Charles Manson na cultura pop | A Gazeta

Símbolo do poder de influência, Charles Manson criou uma legião de seguidores que assassinavam por ele. Em 8 de agosto de 1969, ordenou o massacre na casa de número 10.050, na Cielo Drive (L.A.) que matou a esposa grávida de Roman Polanski, a atriz Sharon Tate, e mais quatro pessoas. Foi condenado em 1971.

8. Homem do machado 

Aventuras na História · Homem do Machado de Nova Orleans, o serial killer  que poupou a vida dos amantes de jazz

Entre 1911 e 1919, um misterioso ‘homem do machado’ aterrorizou a cidade de Nova Orleães (Estados Unidos). A maioria das suas vítimas, maioritariamente mulheres, era morta de forma brutal e masoquista com um machado – a arma que utilizava sempre. Muitas pessoas acabaram por morrer assassinadas por este misterioso homem, o qual nunca foi encontrado, sendo que a sua identidade permanece um mistério até aos dias de hoje. Outras teorias dizem que o Homem do Machado era um espécie de máfia constituída por vários assassinos.

7. Andrea Yates

Biografia de Andrea Yates, assassina de seus cinco filhos

Sofrendo de depressão pós-parto, Andre Yates afogou seus cinco filhos na banheira de casa em 20 de junho de 2001. Cinco anos depois, foi inocentada pela defesa que alegava insanidade mental.

6. Os Assassinatos de Keddie

Assassinatos de Keddie – Wikipédia, a enciclopédia livre

Os Assassinatos de Keddie foram um quádruplo homicídio que ocorreu em Keddie, uma estância turística no Norte da Califórnia, Estados Unidos, em 1981. As vítimas foram 4 membros da família Sharp que foram esfaqueados e espancados até à morte por um misterioso assassino. Até hoje, nunca foi encontrado o culpado e a cabana onde os crimes ocorreram foi demolida em 2004.

5. Lizzie Borden

Aventuras na História · Há 129 anos, o caso Lizzie Borden escandalizava os  Estados Unidos

Abby J. Borden e seu marido, Andrew, foram assassinados a machadadas – ela com 40 golpes e ele com 41. O único indício de razão para o crime era a identidade da assassina: a própria filha, Lizzie Borden. Inocentada pelo júri, se eternizou como um dos maiores casos de parricídio da História.

4. Madeleine McCann

Caso Madeleine McCann: homem preso na Alemanha é novo suspeito | Mundo | G1

Em maio de 2007, a menina inglesa Madeleine McCann, de apenas 3 anos, desapareceu do seu quarto de hotel no Algarve (Portugal) enquanto os seus pais jantavam com amigos. O caso foi considerado sequestro, até que um teste de DNA indicou que a menina terá morrido no quarto de hotel. O caso de sequestro foi reaberto em 2008 e até hoje nunca se soube o que verdadeiramente aconteceu nessa fatídica noite.

3. JonBenét Ramsey

Irmão de pequena miss assassinada diz ter DNA do culpado no dia em que ela  completaria 30 anos - Monet | Notícias

A pequena rainha de concursos de beleza infantil, JonBenét Ramsey, chocou o Colorado, em 1996, ao ser encontrada estrangulada no porão da família, junto a um bilhete de resgate que pedia US$ 118 mil. As evidências se voltaram contra os pais da criança, que se mantiveram inocentes. O caso foi reaberto em 2010, mas ainda é um mistério.

2. Auli Kyllikki Saari

História em Imagens: Crimes não resolvidos: O Assassinato de Auli Kyllikki  Saari

Uma menina de 17 anos, Auli Kyllikki Saari, foi encontrada morta num descampado da Finlândia no ano de 1953. A menina estava a voltar para casa de bicicleta depois de uma reunião de orações quando foi atacada por uma pessoa não identificada. Entre os suspeitos estão um padre da paróquia e um homem que passou muito tempo internado num hospício. Mas os verdadeiros culpados nunca foram apanhados e o crime permanece hoje um mistério.

1. John F. Kennedy

Trump libera 2.800 relatórios secretos sobre Kennedy, mas mantém oculto o  núcleo mais crítico | Internacional | EL PAÍS Brasil

O 35º presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, morreu assassinado no dia 22 de novembro de 1963, em Dallas, Texas. Kennedy foi mortalmente ferido por disparos enquanto circulava no automóvel presidencial na Praça Dealey. Foi o quarto presidente dos Estados Unidos a ser assassinado e o oitavo que morreu no exercício do cargo. Duas investigações oficiais concluíram que Lee Harvey Oswald, um empregado do armazém Texas School Book Depository foi o assassino. Uma delas indicava que Oswald atuou sozinho e outra sugeria que teve pelo menos um cúmplice. O assassinato esteve sempre sujeito a especulações e dúvidas e ainda hoje é alvo de um grande número de teorias da conspiração.

Tags: