10 curiosidades bizarras sobre o anfíbio

Conheça as curiosidades mais bizarras dos anfíbios

Os anfíbios constituem uma classe de animais vertebrados, pecilotérmicos que não possuem bolsa amniótica agrupados na classe Amphibia. A característica mais marcante dos seres vivos da classe é o seu ciclo de vida dividido em duas fases: uma aquática e outra terrestre, apesar de haver exceções.

Por: Barbara Zani

10- A respiração dos anfíbios é do tipo cutânea – ou seja, eles respiram pela pele.

9- Os anfíbio são separados em três ordens: a anura (sapos e rãs), a urodela (tritões e salamandras) e a ápoda (cobra-cega).

8- A maior parte dos anfíbios pertencem à ordem dos anuros, com mais de 5 mil espécies. Em segundo lugar, vem a urodela (500 espécies) e, por último a ápoda (170 espécies).

7- Originário do Brasil, o sapo cururu virou praga na Austrália, onde não possui predadores naturais.

6- O maior anuro do mundo é a africana rã-golias, com 35 centímetros e 3,5 quilos, peso equivalente ao de um gato. 

5- O menor anfíbio do mundo é o brasileirinho sapo-pulga, com 9,8 milímetros (menor do que uma unha humana). 

4- Os anfíbios estão desaparecendo de algumas regiões do planeta. A extinção em massa está preocupando os cientistas. Eles acreditam que o desmatamento, as chuvas ácidas, a destruição da camada de ozônio e a poluição dos rios sejam as principais causas do genocídio anfíbio.

3- Durante o período de reprodução das rãs, os machos ficam tão envolvidos pelo clima romântico que querem cruzar com tudo o que encontram pela frente, mesmo que não seja uma rã ou um ser vivo.

2- Uma rã fêmea põe de 600 a 10 mil ovos por ano, dependendo da espécie.

1- A rã verde é uma espécie normalmente encontrada na Europa. Ela põe até 10 mil ovos por ano, cada um com 0,2 milímetros de diâmetro. É facilmente capturada à noite, já que não reage quando um caçador a ilumina com uma lanterna e a pega com as mãos. É frequentemente encontrada em cativeiro, onde se desenvolve bem

Tags: