10 curiosidades sobre o dia dos namorados

Confira a lista de fatos e curiosidades que você provavelmente ainda não sabia sobre o dia mais romântico do ano

Por Lígia Saba 

O dia mais romântico do ano está chegando, e para entrara no clima da data preparamos uma lista com 10 fatos e curiosidades que você provavelmente ainda não sabia sobre o dia dos namorados, comemorado no Brasil em 12 de junho. Vem conferir!

10. São Valentim

Você sabe porque São Valentim é considerado o santo dos namorados? No ano de 270, o Imperador Claudio II proibiu que os jovens se casassem, pois creditava que os jovens solteiros eram melhores soldados. São Valentim desaprovava esta decisão, e por isso casava os jovens escondido.

9. Data Comercial 

O Dia dos Namorados é um data especial para todos os casais de apaixonados, mas na verdade, ela surgiu como um dia totalmente comercial. Esse título pode ser relacionado ao publicitário João Dória, quando em 1949 foi requisitado por uma loja de departamentos paulistas a ajudar a aumentar as vendas no mês de junho, até então, um dos menos lucrativos do ano. Então, Dória sugeriu criar o Dia dos Namorados, inspirado na data que já era comemorada nos Estados Unidos e na Europa, só que no dia 14 de fevereiro. A data escolhida, 12 de junho, foi para anteceder o Dia de Santo Antônio, famoso santo casamenteiro.

8. Rosas

As rosas vermelhas com certeza lideram as vendas de flores no dia dos namorados, mas você sabe porque? A rosa vermelha era a preferida de Vênus, a Deusa do Amor em Roma! Além disso, está provado que vermelho é a cor do amor e relaciona-se com sentimentos forte e emoções amorosas.

7. Pedido de casamento 

Estima-se que mais de 220 mil pedidos de casamentos são feitos todos os anos no dia dos namorados.

6. Cartas para Julieta 

5. Dia dos namorados pelo mudo

No Japão, desde 1936 essa data é comemorada, e as mulheres é que devem declarar o seu amor, entregando aos homens caixas de chocolate. Nos Estados Unidos, data é comemorada no dia 14 de fevereiro e todos os casais costumam trocar presentes, chocolates, flores, etc.  Na Itália o dia é comemorado com banquetes e troca de presentes entre os namorados. Já no Reino Unido os casais trocam chaves e fechaduras, para selar o amor que existe entre eles.

4.  Cartão mais antigo 

Um dos cartões mais antigos foi emitido em 1415 por Charles, duque de Orleans, a sua esposa, quando era prisioneiro na torre de Londres. O cartão é preservado agora no museu britânico.

3. Caixas de bombom 

Richard Cadbury (1835 – 1899) foi o grande responsável pela popularização das caixas de bombons em forma de coração. A marca Cadbury iniciou este comércio com um duplo objetivo. Para além de apresentar os seus chocolates de uma forma super-romântica e poética, a caixa, por ser tão bonita, era utilizada para guardar lembranças e cartas de amor (assim que os chocolates fossem todos comidos). Esta prática era bastante comum na Época Vitoriana, na Inglaterra, existindo, ainda hoje, alguns exemplares destas caixas vintage (consideradas joias de família e bastante valiosas para colecionadores).

2. Outras tradições 

No País de Gales, as flores e os chocolates não são propriamente as prendas ideais para o homem oferecer à sua amada. A prenda ideal é uma “colher do amor”… E se pensa que esta colher é sinónimo de um presente simples e banal está muito enganado! Estas “colheres do amor”, para além de serem bastante trabalhadas, apresentam pormenores únicos, com vários símbolos e padrões com diferentes significados.

1. Valentine’s Day 

Nos Estados Unidos e em alguns países da Europa o Dia dos Namorado é chamado de Dia de São Valentim, ou Valentines Day, e é comemorado no dia 14 de fevereiro.

Tags: