10 escritores brasileiros consagrados

Confira a lista de escritores brasileiros que mais se destacaram no contexto nacional e internacional

Por Lígia Saba 

A literatura brasileira conta com escritores e escritoras muito talentosos que se destacaram tanto no cenário nacional quanto internacional. Alguns mais jovens, outros da vanguarda, e um universo infinito de temas, estilos e carreiras. Para conhecer mais sobre autores e autoras nacionais que se destacaram durante a história, listamos alguns dos escritores brasileiros indispensáveis, que mudaram a literatura nacional, vem conferir!

10. Guimarães Rosa

Autor do livro épico mais famoso do Brasil, Grande Sertão Veredas, Guimarães Rosa nasceu em 1908, em Minas Gerais e sabia falar mais de nove idiomas. O autor é considerado por muitos como o maior escritor brasileiro do século XX e um dos maiores de todos os tempos.

9. Mário Quintana 

O poeta, tradutor e jornalista brasileiro nasceu em 1906, no Rio Grande do Sul. Dono de uma linguagem simples e singela, que promove enorme identificação no leitor, Quintana é tido como um dos maiores poetas do século XX.

8. Graciliano Ramos 

Foi um romancista, cronista, contista, jornalista, político e memorialista brasileiro do século XX, mais conhecido por sua obra Vidas Secas. Considerado por muitos como o escritor mais importante da segunda metade do modernismo brasileiro, o autor alagoano não pode ficar de fora quando o assunto é a história da literatura nacional.

7. João Cabral de Melo Neto

Um dos maiores nomes da Geração de 45, João Cabral de Melo Neto é autor do clássico poema dramático Morte e Vida Severina (1955). Sua obra poética, que vai de uma tendência surrealista até a poesia popular, é caracterizada pelo rigor estético, com poemas marcados pelo uso de rimas toantes, que inaugurou uma nova forma de fazer poesia no Brasil.

6. Clarice Lispector

Foi uma escritora e jornalista brasileira, autora de romances, contos, e ensaios. É considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. A profundidade e sentimentalismo da obra de Clarice Lispector faz dela um dos nomes mais adorados por jovens brasileiros de várias gerações.

5. Machado de Assis

Foi um escritor brasileiro, considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores como o maior nome da literatura do Brasil. Um dos nomes brasileiros mais reconhecido no exterior, traduzido para inúmeras línguas, estudado e aclamado por mais de um século, Machado de Assis, foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras.

4. Carlos Drummond de Andrade

Poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos como o mais influente poeta brasileiro do século XX. Drummond foi um dos principais poetas da segunda geração do Modernismo brasileiro. Sua poesia é conhecida no mundo inteiro e considerada a maior influência para este gênero literário no Brasil. Versos soltos, palavras simples e uma extensa obra, sendo a mais renomada A Rosa do Povo (1945), fazem dele um nome sempre lembrado entre os clássicos escritores nacionais.

3. Cecília Meireles

Jornalista, pintora, poeta, escritora e professora, a autora foi a primeira mulher brasileira a se tornar realmente famosa no meio literário. Assinando mais de cinquenta obras, Cecília estreou no mundo editoral com apenas dezoito anos de idade com a obra Espectros (1919). Poemas, romances, livros infantis e textos jornalísticos estão no currículo premiado da autora.

2. José de Alencar

Fundador do romance de temática nacional, José de Alencar nasceu em 1829 em Fortaleza. Depois do sucesso de seu romance de O Guarani (1857), investiu ainda mais na sua carreira, mesclando-a mais tarde com a política. Escreveu romances, contos, crônicas, peças de teatro e a sua própria autobiografia.

1. Monteiro Lobato 

Foi um escritor, ativista, diretor, produtor, e um dos primeiros autores brasileiros e latino-americanos a escrever para crianças. Também foi precursor dos editores no Brasil, numa época em que os livros eram feitos apenas no exterior. Além dos livros infantis que incluem os personagens de muito sucesso do Sítio do Pica-Pau Amarelo, Lobato também escreveu contos, e um único romance, polêmico, em 1926, chamado O Choque das Raças.

 

 

Tags: