Jornal Diário do Estado

10 filmes sobre distopias

Confira a lista das melhores distopias da história do cinema

Por Lígia Saba 

A distopia consiste em uma versão oposta da utopia. Se em filmes utópicos é apresentado um futuro perfeito, os futuros distópicos são cheios de caos, destruição e aspectos negativos. Nesse contexto, ao longo da história do cinema várias produção trouxeram versões de futuros assustadores mas que levaram enormes quantidade de espectadores até os cinemas e foram aclamados pela crítica. Pensando nisso, preparamos uma lista com 10 dos melhores filmes com futuros distópicos. Agora é só pegar a pipoca e apertar o play!

10. O Planeta do macacos

Planeta dos Macacos é uma franquia de mídia de ficção científica americana que consiste em filmes, livros, séries de televisão e outras mídias sobre um mundo onde seres humanos e macacos inteligentes se confrontam. A série começou com o autor francês Pierre Boulle na novela de 1963 La Planète des Singes, e  transformou-se algo extremamente lucrativo, ampliando os horizontes cinematográficos e abrindo caminho para filmes como Alien, Star Wars e O Exterminador do Futuro.

9. Her

Lançado em 2013 o filme conta a história do solitário escritor Theodore, que desenvolve uma relação de amor especial com o novo sistema operacional de seu computador. Surpreendentemente, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa, uma entidade intuitiva e sensível chamada Samantha.

8. WALL·E

Na distopia desenvolvida  Andrew Stanton, após entulhar a Terra de lixo e poluir a atmosfera com gases tóxicos, a humanidade deixou o planeta e passou a viver em uma gigantesca nave. O plano era que o retiro durasse alguns poucos anos, com robôs sendo deixados para limpar o planeta. WALL-E é o último destes robôs, e sua vida consiste em compactar o lixo existente no planeta. 

7. Bacurau

Misturando drama, western e ficção científica, o longa retrata um grupo armado estrangeiro que quer dizimar um vilarejo, localizado em uma pequena comunidade no interior Pernambucano, de população heterogênea em termos de raça, cor e identidade de gênero.  O filme foi dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, e lançado em 2019.

6.  A noite dos mortos vivos

A produção de Georg Romero, lançada em 1968, inspirou praticamente todas as histórias audiovisuais e literárias de mortos-vivos a partir de então, como The Walking Dead.  O ator Duane Jones foi o primeiro negro a protagonizar um filme de terror. O livro I Am Legend  de Richard Matheson foi uma das principais fontes de inspiração para o longa.

5. Laranja Mecânica 

Clássico de Stanley Kubrick, foi considerado o filme mais polêmico dos anos 1970, e chegou a ser proibido em alguns países, após acusações de que estava encorajando o público a cometer crimes. Na trama o jovem Alex passa as noites com uma gangue de amigos briguentos. Depois que é preso, se submete a uma técnica de modificação de comportamento para poder ganhar sua liberdade.

4. Blade Runner

Os visual futurista-retrô é um dos aspectos mais marcantes de Blade Runner (1982). O longa foi inspirado nos filmes noir da década de 50, o que lhe rendeu duas indicações ao Oscar: Melhor Direção de Arte e Efeitos Visuais. Seu estilo serviu como inspiração para muitas outras obras, como Johnny Mnemonic, Matrix e Robocop. O longa  basicamente criou o conceito de cyberpunk no cinema.

3. V de vingança

Lançado originalmente entre 1982 e 1989,V de Vingança mostra um futuro sombrio. Após uma guerra mundial, a Inglaterra é ocupada por um governo fascista e vive sob um regime totalitário. Na luta pela liberdade, um vigilante, conhecido apenas como V, utiliza-se de táticas terroristas para enfrentar os opressores da sociedade.

2. Matrix

Lançado em 1999, o filme narra a história de um futuro próximo em que, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos nos quais encontra-se conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro.

1. Jogos Vorazes

A franquia Jogos Vorazes (2012-2015) é baseado nos livros homônimos de Suzanne Collins. A trilogia narra a história de um futuro distante, onde boa parte da população é controlada por um regime totalitário, que relembra esse domínio realizando um evento anual entre os 12 distritos sob sua tutela.