Fórmula 1 promete estar mais rápida e competitiva este ano

Os novos regulamentos da Fórmula 1 para a temporada 2017 estão prometendo e animando pilotos e equipes. Os carros mais largos e velozes vistos no início desta pré-temporada vêm lembrando o ano de 2004, que foi a temporada mais rápida da história.

Pilotos remanescentes daquela época como o brasileiro Felipe Massa e o espanhol Fernando Alonso vêm falando em coletivas de suas expectativas com o retorno do passado. Sobre como isso pode ser uma vantagem para os veteranos Massa afirmou em coletiva:

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Talvez isso seja uma vantagem para mim, por entender mais rapidamente que os outros o comportamento do carro. Vamos ver o que acontece.”

LEIA TAMBÉM

• Hamilton rebate comentário de Piquet: “mentalidade arcaica”• Bernie Ecclestone, ex-chefão da Fórmula 1, é preso no Brasil por porte ilegal de arma• Audi e Porsche entram nos planos da Fórmula 1

Mesmo não conseguindo dar muitas voltas na pré-temporada, devido á um problema em sua Mc Laren, Alonso já com 35 anos elogiou as mudanças em sua coletiva pós- treino:

“Eles são definitivamente mais rápidos nas curvas, então é bom voltar a ter essa sessão de pressão aerodinâmica nas curvas e poder voltar a forçar o carro até mais perto do limite. Estou feliz com isso”.

O alemão Sebastian Vettel que estreou na categoria em 2007 “quando os carros ainda eram rápidos como antigamente”, comparou em sua coletiva o novo modelo com um remédio versátil:

“Do ponto de vista do piloto, tudo está melhor. A frenagem é melhor, o contorno de curvas também, e você tem mais aderência. Nas curvas de baixa velocidade, quando o efeito da pressão aerodinâmica é menor, você tem mais aderência nos pneus. É como uma aspirina: resolve tudo.”

Os pilotos irão voltar para a pista na Catalunha entre os dias 7 e 10 deste mês, para a segunda e última bateria de testes antes do início da temporada. O primeiro grande prêmio será no dia 26 de março, na Austrália.

Tags: