Home»Negócios»Abertura de empresas em Goiás cresce 33% em abril

Este foi o melhor resultado para um mês de abril dos últimos quatro anos

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
“Estamos seguindo a política de desburocratização implantada nos últimos anos pelo ex-governador Marconi Perillo e as ordens de inovação e expansão do governador José Eliton. Possibilitamos a abertura de mais empresas, com o objetivo de garantir emprego e renda em todo Estado”
O número de empresas abertas em Goiás no mês de abril deste ano foi 33,07% maior do que o registrado no mesmo período de 2017. A Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) registrou 1.923 novas inscrições, contra 1.445 no ano passado. Este foi o melhor resultado para um mês de abril dos últimos quatro anos (veja quadro abaixo)
O presidente interino da Juceg, Alexandre Caixeta, afirma que, com este desempenho de abril, já é possível apontar uma tendência de fechamento do primeiro semestre de avanços. O acumulado do quadrimestre (janeiro a abril) é de 7.208, contra 7.002 empresas no mesmo período de 2017 (2,9% maior). “Estamos seguindo a política de desburocratização implantada nos últimos anos pelo ex-governador Marconi Perillo e as ordens de inovação e expansão do governador José Eliton. Possibilitamos a abertura de mais empresas, com o objetivo de garantir emprego e renda em todo Estado”, destaca.  Caixeta lembra que a Juceg da importância do Portal do Empreendedor Goiás para o banimento dos entraves e da política de expansão dos serviços da RedeSim pelo interior, por meio de convênios com prefeituras.
Dados
Goiânia registrou a maioria dos pedidos de abertura de empresas em abril (609), seguida de Aparecida (87) e Anápolis (75). Na divisão por gênero, os homens representaram 65% dos negócios abertos contra 35% das mulheres. O saldo (diferença entre empresas abertas e fechadas) em abril deste ano avançou 27% na comparação com 2017. Em abril de 2018, o saldo foi de 864. No ano passado, de 679.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!