Advogadas são presas por envolvimento com facção criminosa em Goiânia

A Operação Patrocínio Fiel investiga advogados que participam de tráfico de drogas de grande parte de cocaína no estado

A Operação Patrocínio Fiel apreendeu na manhã desta quarta-feira (16), duas advogadas envolvidas com uma facção criminosa e tiveram as contas bancárias com mais de R$ 49 milhões bloqueadas. A operação foi deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO). 155 policiais civis foram mobilizados para o cumprimento de 72 mandados judiciais, sendo 39 de busca e apreensão e 33 de prisão.

Os mandados foram cumpridos em endereços vinculados a advogados suspeitos de participarem de uma organização criminosa. A investigação identificou que advogados, juntos com membros de uma facção criminosa goiana, eram responsáveis por traficar grande parte do comércio de cocaína no estado, trazendo droga da Bolívia.

Os investigados aproveitavam do acesso ao presídio para levar e trazer mensagens aos detentos sobre o tráfico de drogas, venda de armas, ”batismo” e cadastro de novos membros na facção. As informações passadas pelos advogados se tratavam também de ataques a membros de facções rivais.

Foi identificado também uma rede de lavagem de dinheiro proveniente de tráfico de drogas e de outros crimes. A rede era composta por pessoas físicas, empresas regulares e empresas de fachadas que movimentaram mais de R$ 150.000.000,00 de 2017 a 2020.

Tags: