Alexandre de Moraes pede prisão e extradição de blogueiro bolsonarista

Allan é está sendo investigado no Supremo Tribunal Federal por divulgação de fake news e ataques à Corte.

O ministro Alexandre de Morais determinou nesta quinta-feira (21) a prisão do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, responsável por organizar ataques a democracia. Como Allan está nos Estados Unidos, para onde fugiu desde que começou a ser investigado, o ministro também determinou que o ministério da justiça realize os trâmites para a extradição.

Allan é parceiro de primeira ordem da família Bolsonaro, ele é investigado no STF em dois inquéritos, que apuram a divulgação de fake news e ataques a integrantes da Corte e também no que identificou a atuação de uma milícia digital que trabalha contra a democracia e as instituições no país.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Moraes  determinou ainda que todas as contas de redes sociais vinculadas a Allan dos Santos sejam bloqueadas, e ainda suas contas bancárias. Além disso também ficam proibidos os repasses de dinheiro das plataformas, para os canais e contas de blogueiro.

Ontem, durante a apresentação do relatório da CPI da Covid, Allan foi citado com proposta de indiciamento por incitação ao crime. Moraes pediu que o Ministério da Justiça inclua também o nome de Allan na lista de Difusão Vermelha da Interpol.