Home»Educação»Alunos da rede estadual conquistam 80 medalhas na Olimpíada Goiana de Astronomia

Competição registrou a participação de mais de 200 escolas públicas e particulares de Goiás

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Os Alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio de várias escolas estaduais conquistaram 80 medalhas na terceira edição da Olimpíada Goiana de Astronomia (OGA). De acordo com a lista de classificação geral foram 17 de ouro, 29 de prata e 34 de bronze.

A iniciativa tem o  objetivo de desenvolver e fomentar o raciocínio lógico matemático dos estudantes (Foto: Divulgação)
A iniciativa tem o objetivo de desenvolver e fomentar o raciocínio lógico matemático dos estudantes (Foto: Divulgação)

No Nível 1, destinado aos alunos do Ensino Fundamental II, foram 39 medalhas (9 de ouro, 13 de prata e 17 de bronze) e no Nível 2 (Ensino Médio) foram 41 medalhas, sendo 8 de ouro, 16 de prata e 17 de bronze. O Nível 1 contou com 93 escolas participantes e o Nível 2, com 103.

Na categoria Ensino Fundamental II, a instituição de ensino com melhor performance foi o Colégio Estadual Alceu de Araújo Roriz, de Luziânia, que obteve 27 medalhas e garantiu o título de vice-campeão na olimpíada de 2019. O colégio foi agraciado com 6 medalhas de ouro, 12 de prata e 9 de bronze.

Nesta categoria também se sobressaíram outras sete escolas estaduais. O Colégio Estadual Professora Maria Abadia Salomão faturou 1 medalha de ouro e 2 de bronze; CEPMG José Carrilho (1 ouro e 1 bronze); Escola Estadual Jovita Gonçalves Silva (1 ouro); CEPMG José de Alencar (1 prata e 1 bronze); Cepi Polivalente Dr. Sebastião Gonzaga Almeida (2 bronze); Escola Estadual Luiz Gonzaga Sobrinho (1 bronze); e o CEPMG Nestório Ribeiro (1 bronze).

No Nível 2, direcionado ao Ensino Médio, a Olimpíada classificou 39 estudantes da rede pública estadual. O bom desempenho dos alunos foi representado com 8 medalhas de ouro, 15 de prata e 16 de bronze. O Colégio Estadual Professora Maria Abadia Salomão levou 2 medalhas de ouro e 3 de prata; o CEPMG Américo Antunes ficou com 2 de ouro; CEPMG José de Alencar (1 ouro, 2 prata e cinco bronze); CEPMG Castelo Branco (1 ouro e 2 prata), C. E. Durval Nunes da Mata (1 ouro e 1 prata), CEPMG José Carrilho (1 ouro e 4 bronze); CEPMG Dionária Rocha (3 prata e 2 bronze); Cepi Dr. Genserico Gonzaga Jaime (2 prata e 3 bronze); C. E. Distrito de Santa Rosa (1 prata e 1 bronze); Cepi Argemiro Antônio de Araújo e C. E. Durval Nunes da Mata (1 de prata) e C. E. Alfredo Nasser (2 de bronze).

Sobre a Olimpíada
A Olimpíada Goiana de Astronomia (OGA) é promovida pela Sociedade Goiana de Divulgação Científica (SGDC) em parceria com a Universidade Estadual de Goiás (UEG), campus de Santa Helena de Goiás, por meio de um projeto de extensão universitária.

A iniciativa tem como objetivo desenvolver e fomentar o raciocínio lógico matemático entre os estudantes e também contribui para aperfeiçoar a habilidade em resolver problemas. A OGA permite a participação de alunos do Ensino Fundamental II (6° ao 9° ano) e do Ensino Médio (1ª a 3ª Série) de todo o Estado.

As provas são aplicadas individualmente e não é permitida a consulta aos livros nem à internet. A prova do Nível 1 é realizada por alunos do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental e a prova do Nível 2 é feita por estudantes dos três anos do Ensino Médio. Confira a classificação geral dos participantes (escolas e alunos) no site https://sgdcgoias.org/oga.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!