Americano é condenado por matar esposa enquanto dirigia e tinha relações sexuais

Um americano foi sentenciado a 5 anos de prisão , na última quinta-feira, após ser considerado responsável pelo acidente que causou a morte da sua esposa. Matthew Notebaert, 33 anos, e sua mulher Amanda, de 31 anos, faziam sexo quando o carro bateu. O casal retornava para sua casa em West Palm Beach, na Flórida, nos EUA.

A decisão do juiz foi tomada três anos após o americano perder o controle do carro e bater. Com o impacto, o corpo de Amanda Notebaert, que estava no colo do seu marido, foi arremessado para fora do veículo. No momento do acidente, os dois faziam sexo e não usavam o cinto de segurança. Amanda Notebaert estava nua da cintura para baixo no momento do acidente.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo o TorontoSun, em julgamento, Matthew também admitiu que ele e sua mulher haviam bebido algumas doses de uísque no dia do incidente. A cabeça de Amanda bateu no painel e no pára-brisa, enquanto as pernas do marido ficaram significativamente feridas.

De acordo com a investigação, o nível de álcool no sangue do americano foi registrado duas vezes acima do limite legal. “Você tinha a responsabilidade de levar sua esposa para casa com segurança”, disse o pai de Amanda, Mike Stacey, ao ex-genro antes de o juiz proferir a sentença. Matthew é pai de dois filhos do casal.

Tags: