Aparecida: Homem é preso suspeito de estuprar sogra deficiente de 90 anos

O crime foi presenciado pela filha da vítima, que contou a polícia que sabia dos crimes mas nunca denunciou pois o marido ''é muito agressivo''

Um homem de 56 anos nesta quinta-feira (19), suspeito de estuprar a sogra de 90 anos que é cadeirante e deficiente visual, em Aparecida de Goiânia. O crime foi flagrado pela filha da idosa, que gravou o esposo e o denunciou.

“É uma idosa cadeirante, não tem lucidez por causa da idade. Tanto que ela nem foi ouvida porque ela não tinha condições de prestar declaração, ela não consegue se expressar”, disse o delegado Altair Gonçalves ao G1.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O caso aconteceu na noite da última quarta-feira (18). Segundo a corporação, o suspeito mora com a esposa e a sogra na mesma casa, onde o crime aconteceu. O relatório médico da vítima apontou “indícios de tentativa ou conjunção carnal recente”.

Na ocorrência é constatado que a filha da idosa já havia presenciado outras situações de abuso com a mãe, mas que não tinha o denunciado por medo. Ela alega que o marido é ”muito agressivo”.

O suspeito foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na tarde desta quinta-feira. A Polícia Civil também informou que um pedido de medidas protetivas à vítima foi solicitado à Justiça.

O homem, que já tem passagem por violência doméstica, deve responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Tags: