Home»Esportes»Aparecidense elimina o Botafogo na Copa do Brasil

Nonato e Gustavo marcaram os gols da classificação

1
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

Quando Rodrigo Pimpão abriu o placar para o Botafogo logo aos 6 minutos do primeiro tempo, poucos acreditavam que a Aparecidense poderia surpreender, ainda mais com o Botafogo podendo jogar pelo empate. O time visitante pressionou, assustou o goleiro Busatto, chegou perto de marcar o segundo, mas não conseguiu. E o castigo pelas chances perdidas veio aos 2 minutos do segundo tempo. Nonato, o artilheiro, fez de cabeça o gol de empate.

O Botafogo foi para Aparecida de Goiânia com três zagueiros, surpreendendo quem esperava a mesma escalação dos jogos do Carioca, mas o problema foi a falta de pontaria no ataque. Com o jogo empatado, as coisas se complicaram aos 37 do segundo tempo, quando Rodrigo Pimpão, o autor do gol, foi expulso por reclamação. De repente, as esperanças da Aparecidense se renovaram.

Nem dois minutos depois, o Botafogo foi novamente punido com uma bola aérea. Cruzamento de Filipe Costa e Gustavo foi melhor que Gilson para cabecear no angulo e fazer o gol da virada da Aparecidense. Na hora do desespero, o Botafogo foi pra cima, mas Busatto apareceu bem e defendeu as duas chances mais claras de gol.

Festa da torcida em Aparecida de Goiânia no apito final, Aparecidense classificada para a segunda fase da Copa do Brasil. O próximo desafio é contra o Cuibá, fora de casa.

“A gente fez um bom primeiro tempo, criamos mais chances, mesmo não tendo o controle da posse, era uma estratégia de jogo de sair no contra ataque, conseguimos criar algumas chances. Já no segundo tempo menos, e a Aparecidense foi forte, lutou até o final e conseguiu o gol da vitória”, disse Felipe Conceição, técnico do Botafogo, sobre a derrota.

Do outro lado, só alegria para Nonato, que marcou o primeiro gol da Aparecidense no jogo.

“A gente tem que tá ali, pronto sempre pra fazer os gols. Nossa equipe não se omitiu em momento algum, jogamos, tocamos, dominamos a equipe deles. Acho que o resultado não poderia ter sido outro a não ser a nossa vitória”, disse o atacante.

Escalações

Aparecidense: Busatto, Everton, Filipe Costa, Mirita, Wagner, Helder, Uederson, Thiago Ulisses, Nonatos, Alex Henrique, Aleilson

Botafogo: Jefferson; Marcelo, Joel Carli, Igor Rabello, Arnaldo, Dudu Cearense; João Paulo, Luis Fernando, Gilson, R. Pimpão, Brenner

 

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!