Após alta nos casos de Covid-19, Nova York declara estado de emergência

O anuncio foi feito nesta sexta-feira (26)

Nesta sexta-feira (26) a governadora do estado norte americano de Nova York declarou estado de “emergência de desastre”, devido ao aumento no número de casos de Covid-19 e internações pela doença. Além da ameaça da nova variante ômicron, recém-descoberta na África do Sul e classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “grande preocupação”.

Com a medida tomada, o Departamento de Saúde estadual pode limitar a realização de procedimentos médicos considerados não essenciais e não urgentes, assim priorizando pessoas infectadas com covid. O pedido feito pela governadora entra em vigor em 3 de dezembro e será reavaliado em 15 de janeiro.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Continuamos a ver sinais de alerta de picos de covid neste inverno (no hemisfério norte) e, embora a nova variante do ômicron ainda não ter sido detectada no Estado de Nova York, ela está chegando”, escreveu a governadora Kathy Hochul em seu perfil no Twitter.

Segundo Kathy Hochul a situação seria evitada se as pessoas se vacinassem e fez um apelo para que os nova-iorquinos procurem postos de saúde para serem imunizados, além disso ela classificou as vacinas como “nossa maior arma nesta pandemia”. Segundo a imprensa americana, 68% da população do estado de Nova York está completamente imunizada contra a covid-19.

 

 

Tags: