Atriz Fernanda Montenegro terá posição na Academia Brasileira de Letras

Aos 91 anos, a artista será homenageada com um posto na cadeira 17 a partir do dia 4 de novembro.

Uma das artistas mais célebres desta geração, conhecida principalmente por suas interpretações no cinema e na televisão, a carioca Fernanda Montenegro será mais uma vez homenageada. Com a morte do diplomata, escritor e político, Affonso Arinos de Mello Franco, a cadeira 17 da Academia Brasileira de Letras ficou vaga e Fernanda Montenegro é a única candidata para suprir o espaço. Desta forma, ela assumirá o posto a partir de 4 de novembro.

Fernanda Montenegro, atualmente com 91 anos, possui trabalho nas mais diversas mídias. Ela começou sua carreira no teatro, passando por rádio, televisão e cinema, até também se aventurar na literatura. Entre as suas produções e conquistas mais conhecidas, vale destacar o prêmio de Melhor Atriz no Emmy Internacional por sua interpretação na série “Doce de Mãe”, de 2013. Além disso, ela é a única brasileira a ter sido indicada à categoria de Melhor Atriz no Oscar, por “Central do Brasil” (1998), concorrendo com grandes nomes como os de Meryl Streep e Cate Blanchett, em cerimônia que acabou sendo vencida por Gwyneth Paltrow em decisão que segue contestada até os dias de hoje.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A honraria na literatura

Na literatura, a grande intervenção de Fernanda Montenegro foi na obra autobiográfica “Prólogo, ato, epílogo”, escrita em conjunto com Marta Góes. Por conta disso, a artista se tornou elegível para um espaço na Academia Brasileira de Letras. Posição criada em 1901, os ocupantes das 40 cadeiras da instituição são inseridos em cargos vitalícios, sendo substituídos quando há falecimento. A cadeira 17 dos “imortais” tem como patrono o jornalista e diplomata Hipólito da Costa, tendo sido fundada pelo historiador e filósofo Sílvio Romero.

Além deles, ocuparam a cadeira 17 os seguintes artistas: Osório Duque-Estrada, Roquette-Pinto, Álvaro Lins, Antônio Houaiss e Affonso Arinos de Melo Franco. Com isso, Fernanda Montenegro será a sexta sucessora do fundador do posto, em eleição que será oficializada em 4 de novembro.

Tags: