Atriz pornô é encontrada nua e amarrada a uma árvore em floresta do Japão

Rina Arano, de 23 anos, teria sido morta por um homem com quem marcou um encontro. O celular estava na casa dela, que fica próxima ao local do crime

Uma atriz pornô japonesa foi encontrada nua e amarrada à árvore de uma floresta. Rina Arano estava sendo procurada desde 8 de junho. Segundo a polícia local, a mulher estava nessa situação havia duas semanas.

O suspeito de cometer o crime contra a atriz pornô é Hiroyuki Sampei, de 33 anos, coincidentemente, dono de uma residência próxima ao local onde a vítima estava, na cidade de Ibaraki, distante 480 quilômetros da capital Tóquio.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O jornal New York Post e o site Japan Times publicaram que os investigadores descobriram como Arano chegou até Sampei. Eles teriam trocado mensagens pelo Twitter e marcado um encontro.

LEIA TAMBÉM

• Mulher é amarrada, agredida e ameaçada de morte pelo marido, em Anápolis• Debate entre candidatos a presidente é cancelado• Depois de sofrer grave acidente, atriz Anne Heche está em estado crítico

Imagens de câmera de segurança mostram quando o homem buscou a atriz em uma estação de trem em Ibaraki no dia 05 de junho. As autoridades locais divulgaram que encontraram o celular da atriz na casa do suspeito.

Em depoimento, Sampei se declarou inocente. Ele reconheceu que tinha marcado um encontro com a mulher, que teria consentido em ter relações e em usar algemas e não a obrigou a ficar na casa.

Rina teria decidido sair do local, mas não informou o destino. Análises preliminares não apontaram lesões externas no corpo dela e somente uma autópsia revelará a causa da morte. O exame deve ser concluído em breve.

Tags: