Atualização do caso Danilo: Policia Civil diz que suspeitos já possuem passagem criminal

Durante coletiva a PC descartou co-participação da mãe do menino

A Polícia Civil (PC), informou, em coletiva desta tarde, que os suspeitos de matarem o menino Danilo de Souza da Silva já possuem passagem criminal por violencia. O padrasto da criança Reginaldo Lima Santos, negou envolvimento no crime. Porém, Hian Alves de Oliveira, confessou e disse ter auxiliado Reginaldo pela promessa de uma moto. 

Durante a coletiva, o delegado Rilmo Braga, a polícia descartou a co-participação da mãe na morte de Danilo.  O delegado afirma que mesmo sem envolvimento na morte, ela e outros familiares, serão investigados por crime omissivo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Hoje, 31, durante depoimento a PC, Hian Alves de Oliveira, afirmou que o padrasto da criança, Reginaldo Lima Santos, violentou o menino de sete anos com um pedaço de pau. No entanto, a PC disse que a perícia não encontrou vestígios de penetração. Não há lesão na região anal, somente nas nádegas.

Hian afirma que Reginal teria oferecido a moto e o carro para ele se o ajudasse a matar a criança. De acordo com o segundo suspeito, o padrasto da criança levou o menino para a mata e logo depois introduziu um pau na criança, enquanto ele verificava se não estava indo ninguém naquela direção.

Tags: