Banco Central deve retirar nota de R$ 200 de circulação sob pena de multa diária

Tamanho da cédula foi motivação para ação pública

Uma ação civil pública protocolada pela Defensoria Publica da União pede que o Banco Central do Brasil retire de circulação as novas cédulas de R$ 200. Isso por causa do tamanho da nota, que é menor que a de R$ 20, por exemplo.

A DPU alega que “falta acessibilidade” nas dimensões da nota do lobo-guará. Assim, a cédula deve ser tirada de circulação pouco tempo depois de ser lançada no mercado. Caso o projeto não seja revisto pelo órgão, a ação civil pública prevê o pagamento de multa diária fixa de R$ 50 mil.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Com os tamanhos diferenciados, os deficientes visuais conseguiam distinguir os valores, até então. Porém, com as medidas similares às da cédula de R$ 20, a novidade do BC pode confundir as pessoas que reconhecem o dinheiro pelo tamanho.

LEIA TAMBÉM

• Banco Central lança moedas comemorativas da Independência• Ainda desconhecido, PIX parcelado pode ser opção ao cartão de crédito• BC tem ameaça de nova greve e adia consulta a ‘dinheiro esquecido’

A ação também fala em “exclusão e prejuízo aos exercícios dos direitos desta comunidade (deficientes visuais)”.

O que você acha?

Tags: