Aparecida de Goiânia: Mulher tem casa de lona derrubada pela ventania e pede ajuda

Barraca foi montada em uma invasão após Valéria ser expulsa da fazenda em que morava

Há quatro meses, Valéria Luiza Gonzaga de 42 anos, seu companheiro, dois filhos e uma neta vivem em uma barraca improvisada com lonas e madeiras.

“A gente morava em uma chácara mas o dono pediu e como temos dinheiro para pagar um aluguel e não temos casa, viemos morar nessa invasão”, conta Valéria.

Por vídeo, Valéria mostra o pequeno espaço onde vive com a família, na Associação Beira Mar. No registro é possível ver o estrago que uma ventania forte fez. “Olha gente minha barraquinha, o vento está acabando de levar o restinho dela embora”, afirma Valéria no vídeo. Em um “fogão” improvisado, Valéria cozinha os alimentos que ganha de doações.

Mulher vive em barraca com a família
Fogão improvisado / Foto: Arquivo Pessoal

 

Valéria conta que está precisando de madeiras e um gás. “O que estou precisando agora no momento é de um gás que eu não tenho e madeira para eu levantar a barraca”. As ajudas podem ser entregues pessoalmente para Valéria ou por meio do pix de uma colega de barraca: 03099124150 /Luana Oliveira dos Santos

 

 

 

Tags: