Bela Vista de Goiás pode ser a primeira cidade do interior a ter auxílio emergencial

Veja quais são os requisitos para receber o benefício

Nesta quinta-feira, 11, o Diário do Estado entrevistou a prefeita da cidade de Bela Vista de Goiás, Nárcia Kelly. Ela contou tudo sobre o auxílio emergencial, que foi aprovado no município. “O auxílio municipal emergencial faz parte do nosso plano de retomada da economia, que nós propomos no ano passado, durante o período eleitoral, que consiste em cinco eixos: apoio ao comércio local, atração de novas empresas, o auxílio municipal emergencial, o auxílio psicológico e a obrigação dos beneficiários fazerem cursos profissionalizantes gratuitos”.

“Não gostaríamos que isso tudo fosse necessário, mas é devido a hipossuficiência (falta de condições) de tantos bela vistenses. Houve uma crise muito grande no mundo todo, e atingiu a economia e o psicológico das pessoas. Quantos mercados que estão parados por conta das regras sanitárias? Quantas pessoas sem ganhar o seu sustento? Pensando nessas famílias que criamos o auxílio. O desejo de todos é viver do próprio trabalho, do suor, com dignidade”, aponta a prefeita.

“O projeto foi aprovado na semana passada na Câmara e teve pouquíssimas emendas. Se eu não me engano, apenas uma. Todos os vereadores votaram favorável, e eu quero agradecer (a eles e a ela). Não teve dificuldade nenhuma. Os recursos equivalem a R$ 1 milhão 800 mil reais, sendo 300 mil por mês enjetados na economia do município. Vai ser um cartão de crédito chamado ‘AME’, e a pessoa que receber vai comprar os alimentos no comércio local de Bela Vista”, explica a administradora. “Eu tenho muito orgulho esse projeto e acho que será um braço forte na retomada da economia”, projeta Nárcia.

Com a lei aprovada em mãos, Nárcia Kelly conta que os critérios para se receber o benefício são: ser morador de Bela Vista há pelo menos três anos, estar escrito no Cadúnico, ter renda familiar por pessoa de até R$ 89,00, crianças em idade escolar todas matriculadas em escolas públicas, estar desempregado sem receber auxílio desemprego, não receber aposentadoria, não ter condenação em crimes contra a administração pública ou estar preso em regime fechado. “Serão contempladas mil famílias que atenderem estes requisitos”, conta a política.

“Não posso afirmar com convicção, mas até onde eu sei, Goiânia já aprovou o auxílio municipal, e Bela Vista. Pelo meu conhecimento, do interior de Goiás sim, é a primeira cidade a aprovar o auxílio emergencial. E se for mesmo, ótimo! Eu priorizei recursos, ao invés de fazer obras, para investir nas famílias e na retomada da economia.”, admite Nárcia. E quando o benefício começará a ser pago aos bela vistenses? “Eu já falei pra minha equipe que eu quero para o próximo mês. Ainda tem alguns passos depois de aprovada a lei. Com fé em Deus, até o final do mês!“, prevê a entrevistada.

Nárcia ainda falou sobre a Covid-19 em sua cidade, sobre o mandato anterior, o novo mandato e tudo o que deseja conquistar para Bela Vista nestes próximos quatro anos. Não perca!

Tags: