Jornal Diário do Estado

Belo e Gracyanne devem mais de R$ 260 mil e recebem ordem de despejo

O casal mora hoje no Rio de Janeiro e deixou a discussão sobre a dívida com a assessoria jurídica

Belo e Gracyanne Barbosa receberam ordem de despejo de um imóvel alugado por eles em São Paulo, após acumularem meses de atraso no pagamento dos aluguéis.

O casal teve o contrato com o proprietário rescindido e deve pagar aluguéis, IPTU e contas de consumo que estão em atraso. O montante chega a R$ 221.159,86. A jornalista Fábia Oliveira foi quem divulgou a ordem de despejo.

Os artistas terão de arcar também com uma multa contratual de R$3.239,85 (a multa tinha sido estipulada em R$ 46.139,85, mas a Justiça descontou o caução anteriormente pago por eles, no valor de R$ 42.900).

Belo e Gracyanne ainda devem pagar uma indenização por danos materiais no valor de R$ 38.667,09 ao proprietário, que alegou que o casal depredou o imóvel. O total da dívida ultrapassa R$ 260 mil.

O contrato foi firmado entre o proprietário e a Central de shows e Eventos Ltda, empresa de Belo, em 2017. O processo estava na Justiça desde maio de 2019 e, em novembro do mesmo ano, Belo e Gracyanne foram incluídos no polo passivo da ação. Atualmente, eles moram em uma mansão no Rio de Janeiro.

Ao Splash a assessoria do cantor informou que os valores estão sendo discutidos e que o casal não assinou nenhum contrato de locação do referido imóvel.

“As responsabilidades financeiras e jurídicas relacionadas ao termo são de responsabilidade da Central de Shows e Eventos Ltda., não do casal. O próprio Judiciário se pronunciou neste sentido ao negar a exclusão da empresa do processo”, diz em nota enviada ao Splash

A nota também disse “O artista e sua mulher vão requerer ao TJSP que deixem de constar como parte da ação”, a nota também disse que o casal só tomou conhecimento por meio do trabalho equivocado e irresponsável de jornalistas especializados na cobertura de celebridades.

Essa não é a primeira vez que o artista é processado por um locador após atrasar o pagamento do aluguel. Em 2017, o cantor deixou a sua casa no Jardim Paulista durante a madrugada para evitar alarde, segundo apurou o UOL.

Segundo a administradora do imóvel, a dívida passava de R$500 mil.