Biden anuncia morte de líder do Estado Islâmico durante operação

O presidente do Estados Unidos anunciou que a morte aconteceu durante uma operação na Síria e que todos os americanos voltaram em segurança

O presidente do Estados Unidos, Joe Biden (Democrata), anunciou, na manhã desta quinta-feira (3), a morte do líder do Estado Islâmico (Isis), Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi. Ele morreu durante uma operação na Síria.

“Ontem à noite, sob minha direção, as forças militares dos EUA no noroeste da Síria realizaram com sucesso uma operação de contraterrorismo para proteger o povo americano e nossos aliados e tornar o mundo um lugar mais seguro”, informou Biden, em comunicado divulgado pela Casa Branca.

Foto de arquivo de Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, chefe do Estado Islâmico que foi morto em 3 de fevereiro de 2022 por forças especiais dos Estados Unidos em uma operação militar na Síria — Foto: EyePress News via AFP
Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi – o líder do ISIS. Foto: Divulgação

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Graças à habilidade e bravura de nossas Forças Armadas, tiramos do campo de batalha Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi – o líder do ISIS”, prosseguiu.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: presidente dos EUA, Joe Biden cai de bicicleta durante passeio• Bolsonaro nega que tenha pedido ajuda a Biden: “não existe isso daí”, diz• Maravilhado e esquecido: Bolsonaro chama Biden de Trump

Outras 13 pessoas morreram 

A operação foi realizada em Atmeh, uma pequena comunidade ao noroeste da Síria, próximo à fronteira da Turquia. A região reúne diversos campos de deslocados internados da guerra civil do país.

Moradores relataram que as forças norte-americanas entraram em confronto com homens armados por mais de duas horas. O período foi repleto de tiros e explosões. Pelo menos 13 pessoas morreram.

Ainda segundo o presidente dos EUA, todos os americanos voltaram em segurança da operação.

Tags: