Jornal Diário do Estado

Boeing 787 faz pouso inédito em pista de gelo na Antártida

Pouso entra para a história em razão de ser a maior aeronave que aterrissou no Aeródromo de Troll e o primeiro 787 a pousar na Antártida

O Boeing 787 fez pouso inédito em pista de gelo na Antártida. A aeronave saiu do Aeroporto Gardemoen, em Oslo, na Noruega, no último dia 13 de novembro, e seguiu viagem para o Aeroporto da Cidade do Cabo, na África do Sul. Depois de 48 horas no país africano, a aeronave saiu para a Estação de Pesquisa Troll, na Antártida, fazendo um pouso histórico. 

A pista de gelo na qual o Boeing 787 pousou tem aproximadamente 3 mil metros de comprimento e 60 de largura. Com isso, o pouso entra para a história em razão de ser a maior aeronave que aterrissou no Aeródromo de Troll e o primeiro 787 a pousar na Antártida.

A Norse Atlantic Airways, responsável pelo voo, enviou uma nota sobre o pouso para a rede BBC, dizendo que considera o momento histórico. “Sentimo-nos incrivelmente honrados por fazer parte deste pedaço de história, que assinala um marco muito especial para a Norse”, diz comunicado. 

Camilla Brekke, diretora do Instituto Polar Norueguês (NPI), afirma que o feito mostra a capacidade maior de realizar novas operações para transportar tripulação científica e logística, cargas maiores e com uma pegada ambiental maior. A aeronave ficou na Antártida até a manhã do dia 16 de novembro, retornando para a Cidade do Cabo, pela madrugada.