BR-153 será interditada neste sábado e domingo, 9 e 10, entre Goiânia e Aparecida

Local que fica perto da Mabel receberá vigas para a construção de um ponte sobre o rio que passa pela rodovia. Ao todo, 12 estruturas metálicas serão posicionadas

Neste final de semana, os motoristas que passarem pelo trecho da BR-153 em Aparecida, que cedeu no final do ano passado, precisarão de um pouco de paciência. O local, que fica próximo à Mabel, receberá vigas metálicas para a construção de uma ponte. A promessa é de resolver definitivamente o problema.

A previsão da empresa é que os trabalhos ocorram das 8 horas às 18 horas no sábado (09)  e ao longo do domingo (10)com interdições pontuais de 20 minutos apenas quando as estruturas forem içadas e posicionadas. Ao todo, 12 vigas formarão a ponte sobre o Ribeirão Santo Antônio.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Responsável pela rodovia, a Triunfo Concebra vem enfrentando reclamações e críticas por parte de motoristas e de instituições públicas. Chuvas no início de dezembro de 2021 fizeram com que parte do asfalto cedesse e menos de duas semanas depois outro temporal engoliu o restante da pista, fazendo com que metade dela viesse abaixo. Logo em seguida, um ônibus de turismo que trafegava pelo trecho liberado caiu na ribanceira deixando feridos e mortos.

LEIA TAMBÉM

• Caiado autoriza recuperação da GO-142 entre Formoso e Tocantins• Justiça mantém prisão de jovem que matou ex-sogro• No mês das férias escolares, Mutirama promove arrecadação de alimentos

No episódio mais recente, o aumento do preço do pedágio em cinco praças em Goiás motivaram notificação do Procon estadual e abertura de processo para investigação pelo Tribunal de Contas da União (TCU). 

A concessionária havia já havia requerido a quebra de contrato, porém somente em fevereiro a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) estabeleceu prazo final para retirada: mais 20 meses, no máximo. O tempo é o necessário para realização de nova licitação para cobrir o destrato, já que a Triunfo teria obrigação legal com parte da BR-153 durante 30 anos.

Tags: