Jornal Diário do Estado

Bruno Peixoto decreta luto de três dias na Alego, por morte de Dona Iris

Ex-deputada federal e ex-primeira-dama faleceu nesta terça-feira, 21, em decorrência de complicações após uma cirurgia no pulmão

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Bruno Peixoto (UB), junto aos demais parlamentares da 20ª Legislatura, manifesta pesar pelo falecimento da ex-deputada federal e ex-primeira-dama, Iris de Araújo Rezende Machado e decreta luto oficial de três dias no Parlamento goiano. Popularmente conhecida como Dona Iris, a esposa do ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, morreu nesta terça-feira, 21, aos 79 anos.

“Foi com enorme tristeza que recebemos a notícia do falecimento da nossa grande amiga e companheira de caminhada, Dona Iris. Ela que, assim como o nosso saudoso Iris Rezende, construiu uma história de luta, de trabalho por Goiás e de incansáveis e notórios serviços em favor dos goianos. Sem dúvidas, deixa um legado brilhante não só para a política goiana, mas para todo o País. Em nome do Poder Legislativo, expresso os nossos sinceros sentimentos de solidariedade aos filhos, amigos e familiares. Que Deus conforte a todos neste momento”, lamentou o presidente da Alego.

O líder do Poder Legislativo também colocou a sede da Assembleia Legislativa, localizada no Park Lozandes, à disposição para a realização do velório, que deve acontecer a partir de amanhã.

Iris foi submetida a uma cirurgia no pulmão, no Hospital Albert Einstein, em Goiânia, e não resistiu às complicações. Em novembro de 2022, a ex-primeira-dama esteve internada para tratar de uma infecção bacteriana nos rins, que acabou evoluindo para uma síndrome da angústia respiratória aguda.

Natural de Três Lagoas (MS), professora por formação e pioneira na política goiana, Iris de Araújo exerceu mandatos como deputada federal entre os anos de 2007 e 2015. Foi primeira-dama de Goiás e de Goiânia nos mandatos de Iris Rezende, dois como governador e quatro como prefeito e deixa três filhos: Ana Paula, Adriana e Cristiano.