Home»Cotidiano»Caiado anuncia retomada do auxílio-alimentação aos servidores da educação e pagamento do piso aos professores

Para os trabalhadores que atuam na secretaria de Educação não será estabelecido um teto salarial para o recebimento do benefício

1
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado



O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde desta segunda-feira (28), medidas para resolver problemas que servidores públicos vem passando. Para os trabalhadores que atuam na Secretaria de Educação não será estabelecido um teto salarial para o recebimento do auxílio-alimentação, ou seja, todos os funcionários terão o direito aos R$ 500 a mais. Para os que recebem até R$ 5 mil nas demais categorias, o governo do Estado continuará a fazer o pagamento do benefício.

Caiado informou também a convocação de professores especialistas, quase 20 anos após o último chamamento. O governador garantiu ainda o pagamento do piso salarial para os professores temporários. “A data de hoje tem uma relevância ímpar, vamos aumentar a eficiência e os resultados. Nós vamos nomear os professores com a titularidade que merecem para dar aula para nossas crianças em Goiás. A situação de temporários será cada dia mais trabalhada pela nossa secretária para que sejam contratados servidores efetivos”, pontuou.

Outro ponto importante anunciado pelo governador Ronaldo Caiado é o encaminhamento do projeto de Lei que reestrutura a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, extinguindo a chamada terceira classe de funcionários da segurança. “Um total de 2661 servidores saem daquela categoria criada por quem não tem o menor respeito pela segurança pública. A partir de hoje estamos reformando toda a legislação para que essas categorias sejam extintas e para que possamos dar a eles um salário digno e compatível com o trabalho que exercem,” pontuou.

De acordo com Caiado, o projeto estabelecerá a condição de dignidade a 2.022 servidores da Polícia Militar, que serão a partir de agora soldados, de outros 228 homens do corpo de bombeiros e também reestruturará carreira de escrivão e Agente da Polícia Civil beneficiando um total de 400 servidores. O governador também anunciou a reestruturação de Agente de segurança prisional e de gestão prisional.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!