Caiado e Rogério Cruz lançam Dia D de Combate ao Aedes Aegypti

Prefeito de Goiânia anúnciou que o objetivo do Dia D é evitar proliferação do hospedeiro da doença. Evento aconteceu no Parque da Lagoa, Região Oeste da capital

Ao lado do governador Ronaldo Caiado, o prefeito de Goiânia Rogério Cruz lançou, na manhã desta quinta-feira (12), o Dia D de Combate ao Aedes aegypti, ação conjunta entre o governos municipais e o Estado. Esse é o terceiro evento empreendido pela prefeitura desde 25 de abril, para conter avanço do mosquito. Há 36.526 casos notificados de dengue, desde o início do ano, além de 11 óbitos. Os números colocam Goiânia em cenário epidemiológico.

Em evento realizado no Parque da Lagoa, região Oeste da capital, o prefeito ressaltou a importância da conscientização da população para redução dos focos e, consequentemente, os índices da doença. “O combate ao Aedes aegypti só é possível com mobilização social, que envolve poder público e população”, disse.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Rógerio Cruz esclarece que o objetivo maior do Dia D é evitar a proliferação do hospedeiro da doença, sendo o primeiro passo para reduzir a transmissão e casos na cidade. Ele ainda elogiou a agilidade na organização de toda a operação, mas poderou que se trata de uma ação conjunta não só entre o município e o estado, mas também da população em conjunto a Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Guarda Civil Metropolitana (GCM), Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) e Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) na força-tarefa coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

LEIA TAMBÉM

• ‘Minha dor só não é maior do que o meu amor’, escreve Caiado sobre perda do filho• Rogério Cruz atualiza tabela salarial de servidores para 2022• Caiado garante doação de terreno para construção de Hospital do Câncer

O governador Ronaldo Caiado observou que a ação se faz urgente diante ao aumento alarmante de casos nas últimas semanas, considerando o período de janeiro a maio. “Por isso, trouxemos toda a estrutura da Secretaria Estadual de Saúde e Corpo de Bombeiros que, então, se juntaram à força montada pela prefeitura”, observou. Caiado destaca ainda o uso de drones pelo Corpo de Bombeiros para identificar focos em áreas de difícil acesso, além de alerta a população sobre denúncias em situações de risco.

Titular da SMS, Durval Pedroso, lembrou que a situação da capital goiana é alarmante, o que não permite descuidos na internsificação dos trabalhos e combate ao Aedes. Lembrou que, em ações já realizadas nas regiões Leste e Sudoeste, foram visitados por fiscais 2.254 imóveis, sendo 623 desses autuados por encontro de focos do mosquito. Durval pontuou que a ação busca sensibilizar a sociedade, mas que “todos os dias são dias de combater a dengue, uma doença urbana e domiciliar que está dentro das casas das pessoas”.

Conforme a SES-GO, operações contra o mosquito da dengue já chegaram em Valparaíso de Goiás e Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Nesta semana, a força-tarefa segue para Piracanjuba, no sul do Estado. Fazem parte da ação agentes de combate às endemias, que fiscalizam imóveis, e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, que monitorá locais de difícil acesso com ajuda de drones.

Tags: