Caiado entrega 2.076 cartões do programa Mães de Goiás em Planaltina

O governador entregou também 1.196 Chromebooks a estudantes da terceira série do Ensino Médio no município de Planaltina.

O governador Ronaldo Caiado entregou, nesta quarta-feira (20/10), 2.076 cartões do Programa Mães de Goiás e 1.196 Chromebooks a estudantes da terceira série do Ensino Médio no município de Planaltina, na região do Entorno do Distrito Federal.

O Mães de Goiás chegou ao Entorno do Distrito Federal neste mês de outubro e a distribuição de cartões vai ser estendida no mês de novembro. A meta do Estado é beneficiar 30 mil mulheres, com filhos entre zero e seis anos de idade, em situação de extrema vulnerabilidade, que vivem na região.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Quando a gente faz um programa, ele não pode ser populista. Tem que ter objetivo. A prioridade é para as crianças de zero a seis anos de idade, porque se elas não estiverem bem alimentadas, com o controle vacinal, sem cuidado para saber se estão se desenvolvendo corretamente, não vão dar conta de competir com outras que foram bem alimentadas e tiveram controle vacinal”, explicou Caiado.

O governador disse também às mães que o dinheiro disponibilizado para os cartões já está na conta. “Podem chegar no comércio e comprar comida para seus filhos. Vamos melhorar a qualidade da alimentação de todas essas crianças. Esse cartão tem ‘café no bule’. Não é como aquele que não tinha. Pode chegar onde for cadastrado que vocês vão comprar alimentos”, informou o governador.

Durante o evento, organizado em parceria com a Prefeitura de Planaltina, as beneficiárias já saíram da Paróquia do Espírito Santo com o cartão em mãos. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Social (Seds), Wellington Matos, a iniciativa dá dignidade, promove justiça social, melhora a condição de renda e ajuda a manter as crianças na escola.

“O programa vai agir diretamente nas mesas das famílias e vai impactar também na economia de toda a região”, disse Wellington. “É importante frisar que a área social vem recebendo aporte muito grande por parte do governo. Já foram mais de R$ 1 bilhão investidos em todos os municípios”, informou.

Mãe de quatro filhos, Juliana Ferreira da Silva tem como única renda o Bolsa Família e o que recebe por eventuais serviços que presta como faxineira. Ela ressalta que, com a ajuda do Mães de Goiás, vai poder melhorar a alimentação dos filhos e comprar remédios. “Minha filha está com amigdalite. Vou comprar com o cartão, que já pode passar na farmácia. Deu uma aliviada, estou aqui até ansiosa,” afirmou.

Deputado federal, Delegado Waldir ressaltou os avanços promovidos pelo governo. “Mas o mais maravilhoso que o governador faz é no social. O senhor realiza um projeto espetacular. Goiás é social, tem uma marca”, disse ele.

 

Foto: Lucas Diener

Educação conectada

O governador também entregou 1.196 Chromebooks aos estudantes da 3ª série do Ensino Médio no município. O equipamento é similar ao notebook, porém com funcionalidades e aplicativos semelhantes aos de um celular. O recurso tecnológico é para 60 mil estudantes em todo o Estado, com investimento total de R$ 144 milhões.

A estudante Maria Eduarda Gomes representou os colegas do Colégio Estadual de Planaltina. “Queremos agradecer ao nosso governador pelo empenho, pelo grande trabalho que o senhor tem feito na educação. Nossos auxílios, nossos uniformes, nossos Chromebooks, tudo que o senhor tem feito de excelência”, disse ela, sob aplausos. “Acredito que conseguiremos evoluir muito mais na educação junto ao senhor, que é um excelente governador. A palavra certa é gratidão, muito obrigado por todo o carinho”, complementou.

Cristiomário anunciou que a prefeitura vai se espelhar no projeto do Governo de Goiás e também vai distribuir Chromebooks para os estudantes. “Coisa boa a gente copia. Tenho que entregar também para os meus meninos que estudam nas minhas escolas municipais”, disse o chefe do Executivo de Planaltina.

Mães de Goiás

O programa é uma iniciativa que promove distribuição de renda. Lançado no mês de agosto, o Mães de Goiás terá investimento total de R$ 219 milhões, viabilizados pelo Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás). A meta é beneficiar, progressivamente, 100 mil famílias goianas. Até o final de outubro, o Estado somará mais de 22 mil cartões entregues em 49 municípios.

As mulheres contempladas dentro do Mães de Goiás serão atendidas por meio de um calendário progressivo, que incluirá todas as beneficiárias em até 10 meses. O benefício é pago por transferência de renda direta e utiliza como base de dados o Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico).

O período de permanência no Mães de Goiás será de 12 meses, prorrogável por até 36 meses, desde que cumpridos os compromissos assumidos no ato de adesão. Para isso, as mães devem atualizar as informações no CadÚnico e manter a carteira de vacinação dos filhos em dia, de forma a atender os critérios do Ministério da Saúde. No caso de gestantes, é necessário realizar todo o acompanhamento médico relativo ao pré-natal e também aos primeiros seis meses de vida da criança.