Caiado reajusta salário de professores e cria auxílio de R$ 500

Os novos vencimentos e o benefício extra passam a valer em outubro.

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na manhã desta terça-feira (17), um reajuste salarial de até 7,20% para os professores do Estado. Também confirmou a criação de um auxílio de R$ 500 para os servidores da educação. Os novos vencimentos e o benefício extra passam a valer em outubro.

 

“Eles revolucionaram a educação do Estado de Goiás”, declarou Caiado durante entrevista à rádio CBN Goiânia. Na ocasião, ele confirmou: “Vamos fazer o reajuste”. A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, explicou na entrevista que o aumento de 7,20% contemplará os chamados P3, P4 e servidores administrativos. Já para P1 e P2, quadro transitório e professores de contrato temporário, o reajuste será de 4,52%.

Sobre o benefício extra, Gavioli o chamou de “auxílio de aprimoramento”. “Significa que o Governo de Goiás vai pagar praticamente metade de um salário mínimo a mais para cada servidor da educação a partir de outubro”, concluiu.

Tags: