Caiado inaugura postos do Mais Empregos e Mais Crédito em Anápolis

As inaugurações são iniciativa da Secretaria de Estado da retomada em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Goiás.

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta terça-feira (19), em Anápolis, um posto Mais Empregos dentro do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). A iniciativa é da Secretaria de Estado da Retomada em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Goiás (Codego).

Também entregou um posto Mais Crédito no Centro de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia de Anápolis (Ceitec), em colaboração com a Prefeitura de Anápolis. No local, a GoiásFomento disponibilizará R$ 10 milhões para que pequenos empresários do município possam realizar empréstimos com juros subsidiados pelo Governo de Goiás.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Precisamos acreditar na capacidade de produzir, de gerar emprego e superar as dificuldades. Todas as ações são pra dar condições de investimento e tornar Goiás mais competitivo”, afirma o governador.

A nova unidade Mais Empregos busca solucionar o desencontro entre oferta e demanda por mão de obra qualificada. O objetivo é receber currículos, captar vagas, prestar informações e matricular interessados em cursos de capacitação e qualificação profissional oferecidos pelos Colégios Tecnológicos (Cotecs) e parceiros.

Para isso, foi assinado ainda um termo de cooperação entre a Retomada e a Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), para intermediação de oportunidades nas indústrias do Daia. No ato, foram divulgadas mais de 300 vagas em Anápolis, sendo 163 só no distrito.

Para Caiado, o desemprego é o aspecto mais desafiador neste momento pós-pandemia, mas que o Estado está empenhado em oferecer novas perspectivas àqueles que perderam suas fontes de renda.

“É hora de cuidar disso com muita atenção, como nós cuidamos de salvar vidas”, justificou Caiado. “É uma somatória de esforços, em total sinergia, para dar a estas pessoas uma qualificação específica para aquilo que é demanda e, ao mesmo tempo, conciliar quem quer o emprego com quem deseja empregar”, pontuou o governador.

 

Foto: Wesley Costa

Oportunidades

Após a integração do Sine ao programa Mais Empregos, a média de vagas de trabalho passou de 350 para 4 mil por mês, com salário de até R$ 5 mil. O programa também oferece acesso a consultoria financeira e de planejamento, via Sebrae Goiás. Já foram abertos 40 novos postos do Mais Empregos, em parceria com Vapt Vupt e prefeituras, totalizando 104 unidades do programa em todo o Estado.

“O mercado de trabalho está andando muito rapidamente. Novas profissões e demandas estão sendo geradas”, observou o presidente executivo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Edwal Portilho, o Chequinho. Neste sentido, exaltou o esforço conjunto do Estado e iniciativa privada para “calibrar os cursos, atender demandas das indústrias e favorecer os goianos com trabalho”.

“Isso significa mais qualidade de vida, dignidade, e o governo do Estado mostra que está pronto para promover isso ao povo”, afirmou o deputado estadual Coronel Adailton. “Nós vivemos num País muito rico, num Estado pujante, em que o povo é trabalhador. O governador tem demonstrado que só é preciso uma gestão séria”, destacou o prefeito de Anápolis, Roberto Naves.

O deputado federal Delegado Waldir situou o respectivo município com um dos polos de desenvolvimento do Estado. Mas com os esforços da atual gestão, esse cenário vai expandir. “Os números das cidades serão muito melhores. Goiás virou, sem dúvida nenhuma, sinônimo de desenvolvimento”, concluiu o parlamentar.

Empreendedorismo

Já no espaço do Mais Crédito no Ceitec, os empresários terão acesso a diversos serviços, como consultoria financeira, auxílio para abertura de MEI, linhas de crédito da GoiásFomento, além dos outros disponibilizados de forma remota no programa. “Existe um espírito no cidadão que é empreendedor que não podemos deixar, em hora alguma, que seja desestimulado, desativado”, disse Caiado.

A ideia é que a estrutura ofereça condições para recuperar empresas e, assim, manter os empregos, resultando na retomada econômica e social. “Vai atender principalmente quem busca crédito com juros justos. Aqui temos uma taxa zero, 100% subsidiada pelo Fundo de Equalização do Estado de Goiás, criado ano passado por iniciativa do governador e aprovado pela Assembleia”, afirmou o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar.

“Se você é um empresário e está com alguma dificuldade gerada pela pandemia, aqui neste posto terá todas as ferramentas para renegociar débito, apoio dos cartórios e uma câmara de conciliação para instrumentalizar o acordo e retirar pendências”, detalhou César Moura. O local também possui coworking, consultoria e apoio para microempreendedores individuais (MEIs).

“Essa parceria Ceitec/Governo do Estado é muito importante para a retomada do desenvolvimento da cidade. Estamos confiantes na geração de emprego e renda”, salientou o presidente da Câmara Municipal de Anápolis, vereador Leandro Ribeiro. “Esse espaço é de produção de conhecimento e, ligado a ele, política pública de empregabilidade, de fomento, de criar possibilidades”, reforçou o Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Trabalho, Emprego e Renda, Alex Martins.