Caiado participa de reunião para debater tensão entre Bolsonaro e o judiciário

Outros 24 governadores e representantes dos estados também se reuniram para debater a crise e defender a democracia.

O governador Ronaldo Caiado (DEM) participou hoje da reunião com outros 24 governadores e representantes dos estados para debater a crise entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e membros do Judiciário e também para defender a democracia.

“Não é hora de extremos, é hora sim de equilíbrio, bom senso. Quero deixar claro que faço 100% coro para pedir audiência ao presidente da República e deixar claro nossas prerrogativas de governadores”, disse Caiado durante a reunião. Ele participou por videoconferência.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo informações da CBN Goiânia, os governadores decidiram pedir uma reunião com o presidente para aliviar a tensão. Na semana passada, Jair Bolsonaro pediu o impeachment do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre Moraes.

Os governadores também informaram que vão preparar uma carta para os chefes dos Poderes, como da Câmara dos Deputados, do Senado e do STF para aliviar a tensão com membros do Judiciário.

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), disse que o objetivo é que o Brasil tenha mais harmonia entre os poderes para evitar um ambiente de falta de confiança para investidores.

Tags: