Caldas Novas suspende aulas por cinco dias após surto de Covid

Foram confirmados cinco casos entre servidores da Secretaria Municipal de Educação e Unidades Escolares. Outros 11 são investigados

A Prefeitura de Caldas Novas suspendeu aulas por cinco dias em nove escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS), após cinco casos confirmados e 11 suspeitos de Covid-19 entre servidores da Secretaria Municipal de Educação e Unidades Escolares.

Por meio da nota, a prefeitura informou que mesmo segundo o protocolo de retorno as aulas, os casos foram confirmados e suspeitos aumentaram na pasta e nas unidades.

No último dia 30, o prefeito Kleber Marra publicou um decreto onde prorrogou o início das aulas presenciais, de forma híbrida, na rede municipal de ensino para o dia 16 de agosto. Mas, uma liminar da Justiça, determinou que as atividades fossem retornadas imediatamente.

Os caso foram registrados nos Cmeis Mei Mei, Santa Ana, Escola Municipal Zico Batista, Escola Municipal Waldomiro Gonçalves de Sousa, Cmei Pequeno Príncipe e no Transporte Escolar. Nos três últimos locais o servidor que testou positivo atua como motorista e teve contato com servidores.

Já os casos em investigação são nos CMEIs Marcia Helena, Sugio Kato, Edilson Mendes Cabral, Vó Dina e Vovô João, Vó Idalina, Vó Tuta Pereira, Instituto Terezinha Palmerston, Escola Municipal Orozina Maria Martins, Escola Municipal Geraldo Dias, e na Sede da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer.

Casos de Covid-19

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde de Goiás, a cidade de Caldas Novas tem 10.690 casos de Covid-19 confirmados desde o início da pandemia, tendo um total de 251 óbitos. Atualmente, a cidade tem 871 casos suspeitos.

Já em questão a vacinação, o município possui 44,8% da população imunizada com a primeira dose. Apenas 17,5% já receberam a segunda dose.

Tags: