Câmera aprova texto que triplica fundo eleitoral em 2022

As verbas destinadas ao financiamento eleitoral em 2022 aumentam de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Por 278 votos a 145, com uma abstenção, os deputados aprovaram, nesta quinta-feira (15), o texto-base do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022, na primeira etapa da sessão do Congresso Nacional, que deve ser concluída, ainda hoje, com a votação dos senadores.

Após a aprovação do texto-base, os deputados passaram a analisar os destaques, que pedem alterações no projeto. Um dos pontos mais criticados por partidos de diferentes correntes ideológicas é o que aumenta, de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões, as verbas destinadas ao financiamento eleitoral em 2022.

A LDO determina as metas e prioridades para a elaboração e a execução da Lei Orçamentária do ano seguinte.O projeto para 2022 prevê um deficit de R$ 177,5 bilhões — R$ 170,47 bilhões nas contas do governo federal, o equivalente a 1,9% do PIB; R$ 4,42 bilhões das estatais, e R$ 2,6 bilhões de estados e municípios. O texto projeta salário mínimo de R$ 1.147, inflação de 3,5% e crescimento do PIB de 2,5%.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O Congresso tem prazo até o próximo dia 17 para votar a LDO 2022, caso contrário não será oficializado o recesso parlamentar, previsto para o período de 18 a 31 de julho.

Tags: