Camila Queiroz exigiu até aprovar propagandas da Globo antes de ser demitida

Empresário da atriz é quem está levando a culpa pela rescisão do contrato antes do fim das gravações de 'Verdades Secretas 2'.

A relação entre a atriz Camila Queiroz e a Rede Globo já estava bastante desgastada antes de a emissora anunciar o fim do contrato com a atriz. Nesta reta final, a atriz de 28 anos chegou a faltar a uma gravação e apresentar um atestado médico. De acordo com o site “Notícias da TV”, Camila também chegou a exigir que peças de publicidade de uma eventual terceira temporada de “Verdades Secretas” fossem aprovadas por ela.

Em nota enviada à imprensa na quarta, a Globo também afirmou que a atriz exigiu que o final de sua personagem, Angel, fosse alterado. No Instagram, Camila disse ter ficado surpresa ao receber as últimas cenas para gravação e afirmou que a emissora tentou puni-la por ter assinado com a Netflix.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A relação, que já estava complicada, acabou ficando ainda pior. Quem está levando a culpa rescisão contratual antes do fim da novela é Ricardo Garcia, empresário da atriz. Segundo o “Notícias da TV”, ele é considerado por profissionais da Globo como “amador” e “pouco conhecido” no meio artístico.
As conversas para a renovação do contrato começaram há algumas semanas, quando a Globo percebeu que teria que estender as gravações novamente. Camila, que já estava chateada com o final de Angel, disse que só continuaria caso sua presença na terceira temporada fosse assegurada. Para isso, ela também queria aprovar a campanha de lançamento da nova fase, ainda não confirmada. A atriz não gostou das imagens e da forma como a segunda temporada foi divulgada pela Globo e, por isso, queria aprovar as peças publicitárias da terceira. A direção da emissora ficou revoltada e disse que a atriz e sua equipe queriam se meter em algo que não lhes é cabido.
Tags: