Home»Negócios»Campos Verdes: mineradoras instalam-se no município

Investimentos geram emprego e renda na cidade

1
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Maior produtor mundial de esmeraldas entre 1986 e 2000, Campos Verdes – Goiás está recebendo investimentos de empresas de nível nacional e internacional. Oito Mineradoras já iniciaram as suas operações, gerando mais de 500 empregos diretos e indiretos. Até o fim do ano de 2020, o objetivo da Prefeitura é reativar 20 mineradoras.

Considerado um investimento seguro em tempos de instabilidade nas bolsas de valores e de crise internacional, as esmeraldas estão atingindo altos valores nas cotações internacionais. A valorização tornou rentáveis as minas com teor de pedras preciosas, e os incentivos dados pela prefeitura através do modelo da ‘Gestão Empreendedora’, implementado pelo prefeito Haroldo Naves, tem transformado o município nos últimos dois anos de gestão, atraindo novas mineradoras, gerando emprego e renda para centenas de famílias. Segundo dados de estudos geológicos da prefeitura, cerca de 90% das esmeraldas ainda estão no subsolo do município e não foram exploradas devidamente.

 

Fortalecendo a política do setor econômico mineral, a Prefeitura retomou a Feira das Esmeraldas, evento internacional que tem como objetivo mostrar para o Brasil o grande potencial da jazida de esmeraldas de Campos Verdes. A Feira foi promovida pelo prefeito Haroldo nos anos de 2002, 2003, 2004 (durante sua primeira gestão), e depois retomada logo no primeiro ano do segundo mandato de Haroldo em 2017, seguindo também em 2018 e agora em 2019 teremos a VI edição do evento. A feira expõe pedras e jóias confeccionadas, gera negócios, movimenta a economia local, além de promover palestras e shows de cantores renomados no período noturno. Mais de 30 mil pessoas passaram no ano passado pela maior feira de mineração e de pedras preciosas do centro-oeste brasileiro. Este ano a expectativa é superar este número.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!