Casal gay que foi ameaçado de morte tem loja furtada em Anápolis

Saulo e Rafael vêm recebendo ameaças desde o anúncio do noivado em maio e tiveram a loja e a casa furtada

O casal Rafael Ferreira Luiz, de 27 anos, e Saulo Rodrigues Lopes, de 37, tiveram sua loja de produtos importados assaltada na madrugada desta quinta-feira (3), em Anápolis. O casal foi o mesmo que recebeu ameaças de morte em meio deste ano, após anunciarem o noivado.

Os ladrões fizeram um buraco na parede lateral da loja e levaram mais de R$ 55 mil em mercadorias da loja. Foram levados: 11 celulares novos, cinco usados, 12 relógios digitais, 14 fones de ouvido, 15 perfumes importados, caixinhas de som e mais de R$ 20 mil em roupas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Estamos sem nada. Não sabemos como recomeçar. Levaram tudo”, diz Saulo. De acordo com ele, através das imagens da câmera de segurança é possível ver os ladrões chegarem a loja de carro, por volta das 1h16 e saírem às 3h37, ficando mais de 2h dentro da loja.

A Polícia Civil segue investigando o caso, assim como as ameaças feitas ao casal, desde a primeira ocorrência.

Ameaças ao casal

Saulo e Rafael anunciarem o casamento no final de abril através do Instagram e, desde então, o casal vêm sendo alvo de ações criminosas, além de receberem ameaças. Uma pessoa chegou a ir até a loja deles e intimidá-los. Em outra ocasião, a casa do casal foi arrombada mas o ladrão apenas levou a chave do quarto onde eles dormiam. Todos os casos foram registrado em ocorrência.

“Fora as primeiras ameaças, tiveram outras. Eles arrombaram a nossa casa. Desligaram o relógio, pularam a cerca, entraram na nossa casa e levaram a chave da porta do nosso quarto. Não levaram nada, além disso. Só a chave da porta do quarto e abriram as janelas, e agora aconteceu esse fato de roubo na nossa loja”, conta Saulo.

O casamento está agendado para o dia 18/6, mas com o roubo, o casal não sabe se o evento acontecerá graças ao prejuízo. “Não sabemos se vamos conseguir, porque dependemos da loja para custear algumas despesas. Nossos sonhos estão sendo destruídos”, lamenta o empresário.

Tags: