Jornal Diário do Estado

Casal que abandonou bebê em Senador Canedo é solto

Recém-nascido segue sob guarda do Conselho Tutelar e o filho mais velho está sob responsabilidade dos avós paternos

A Justiça determinou a soltura do casal preso por abandonar o filho, um bebê de oito meses, em um lote baldio no Jardim de Todos os Santos, em Senador Canedo. O caso aconteceu na terça-feira, 22, mas a decisão foi tomada na quarta-feira, 24, após audiência de custódia.

O recém-nascido segue sob guarda do Conselho Tutelar e o filho mais velho está sob responsabilidade dos avós paternos. A mãe havia sido autuada por abandono de incapaz e o companheiro dela deveria responder por violência doméstica. Segundo a Polícia Civil, o casal é usuário de drogas.

Relembre o caso

Na noite da última terça-feira, agentes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) encontraram um bebê abandonado em um terreno baldio no Jardim Todos os Santos, localizado no município de Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia.

O bebê é do sexo masculino e tem cerca de oito meses de vida. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o bebê está consciente e com sinais vitais estáveis quando foi resgatado.

Os agentes encaminharam o bebê para a Maternidade Aristina Cândida, em Senador Canedo, para ser avaliado pelos médicos de forma mais detalhada.

Além disso, a Polícia Militar do Estado de Goiás e o Conselho Tutelar foram acionados para dar procedimentos às providências necessárias.

O momento do abandono foi flagrado por câmeras de segurança de uma residência próxima ao lote e mostram uma briga entre o casal. A mulher aparece brigando com o companheiro. Ele jogou um carrinho de bebê nela e saiu com o filho mais velho do casal.