Jornal Diário do Estado

Casamento da Maíra Cardi com Arthur Aguiar é anulado pela justiça

De acordo com o juíz do caso, influencer "agiu de má-fé"

O casamento da Maíra Cardi com o Arthur Aguiar foi anulado pela Justiça de São Paulo, porque a influencer já era casada com outra pessoa quando legalizou o matrimônio o ator em 2017. A setença foi declarada na última terça-feira, 11.

A solicitação de anulação foi realizada pelo Ministério Público no ínicio de 2022. “É certo que Maíra Cardi ignorou o casamento realizado no exterior ao casar-se novamente no Brasil”relatou a promotoria.

De acordo com o juíz, Maíra Cardi “agiu de má-fé, já que era casada e omitiu deliberadamente tal circunstância. É fato incontroverso no processo de que a ré, enquanto casada, casou-se novamente”.

De acordo com a decisão, a influencer era casada com outra pessoa “em casamento ocorrido em 2014, no estado da Flórida, nos Estados Unidos, cuja validade no ordenamento jurídico pátrio foi reconhecida”.

No decorrer do protesto, ela exibiu contestaão e relatou que não sabia da legalidade do casamento anterior “por ausência de registro no país” e o divórcio entre ela e o antigo cônjugue aconteceu antes da ação do Ministério Público.

O Juíz informou que, segundo o artigo 1.521, inciso VI, do Código Civil, “não pode casar as pessoas casadas, de maneira que a infração ao impedimento legal torna o casamento nulo”.