Caso de Racismo contra Titi comove famosos nas redes sociais

Menos de uma semana depois do Dia Nacional da Consciência Negra

A filha de Bruno Gagliasso e de Giovanna Ewbank, a pequena Chissomo (Titi), de 4 anos, foi vítima de um ataque racista no ultimo fim de semana. Em vídeo a solialite Day McCarthy, disparou comentários de injuria racial contra a criança. A socialite que mora no Canadá, é bastante conhecida no Instagram por causar esse tipo de polêmica, em que faz criticas e ataca famosos brasileiros. Os casos mais recentes foram em que falou sobre Anitta, Thaila Ayala, Ana Hickmann e Ticiane Pinheiro.

O ataque comoveu várias pessoas inclusive nas redes socais, onde foi lançada a #somostodostiti. Vários famosos publicaram textos julgando a atitude da mulher, que é tão triste e deprimente nos dias de hoje. E não só famosos, mas pessoas normais também entraram nessa campanha contra o preconceito.

Em resposta Giovanna postou no domingo uma foto de sua filha, e na legenda colocou: “Bom domingo com AMOR e a pureza de uma criança à todos que tem nos mandado mensagens sobre o acontecido, racismo é crime, e já estamos tomando as devidas providências perante a lei. Obrigada”

O ator Bruno Gagliasso registrou queixa segunda feria (27), na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática pelo ataque sofrido pela filha. Na porta da delegacia, ele ainda falou sobre, aos jornalistas que estavam presentes. “Eu senti, eu acho que o que qualquer ser humano decente sentiria, né? É tristeza. É uma sensação de impotência. Covardia, né? É uma criança”, disse o ator.

A polícia Civil abriu o  inquérito e Dayane Alcântara (Day McCarthy), vai ser intimada a prestar depoimento. Mesmo que ela esteja fora do Brasil, a lei penal é aplicada a ela.

Em seus perfis o casal publicou a mensagem “Numa sociedade racista não basta não ser racista é necessário ser antirracista” frase de Angela Davis.

Esse foi mais um ataque nas redes sociais, mas dessa vez foi um ataque racista que aconteceu quase uma semana depois do Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro).

Para o sociólogo Wellington Cardoso, é extremamente importante combater o racismo constantemente, pois vários casos foram registrados sempre ao longo do ano. “Não desmerecendo o dia, mas não adianta ter um dia da Consciência Negra se os negros sofrem racismo o ano todo, todos os dias. É preciso que todos nós seja negro ou seja branco, se posicione, denuncie e critique. E mais do que nunca, se coloque no lugar do outro para entender o que o outro está passando naquele momento”.

Larissa Madalena

 

Tags: