Caso Wanderson: suspeito de homicídio triplo se entrega à polícia, em Gameleira de Goiás

Na manhã deste sábado (04), Wanderson Mota Protácio se entregou à polícia, em Gameleira de Goiás. Acusado de cometer três homicídios, ele era procurado pela polícia há seis dias. A Polícia Civil confirmou a prisão do suspeito.

Wanderson, de 21 anos, é suspeito de matar, a facadas, a companheira grávida, Raniere Aranha Figueiró, de 19 anos, e a filha dela, Geysa Aranha Rocha de Souza, de 2 anos. É suspeito ainda assassinar um fazendeiro na região de Corumbá de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Além disso, ele tentou estuprar a mulher do idoso e a atingiu com um tiro no ombro, antes de fugir com a caminhonete do fazendeiro. Wanderson também furtou uma arma da vítima. Os crimes foram cometidos em Corumbá de Goiás.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na sexta-feira, o suspeito foi visto por um morador de Mocambinho, povoado de Gameleira de Goiás. Por conta disso, as aulas chegaram a ser suspensas no local. 

Veja o vídeo do momento da prisão do suspeito

Tags: