Home»Cotidiano»Celg muda nome para Enel Distribuição Goiás e promete investir em novas tecnologias

Um dos principais focos dos novos investimentos da Enel em Goiás é o Projeto Telecontrole, que consiste na automação da rede elétrica de média tensão

1
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A Companhia Energética de Goiás (Celg) passa a se chamar Enel Distribuição Goiás a partir de agora. O processo de aquisição da Celg foi concluído no ano passado e  a empresa afirma que a nova identidade faz parte de um processo de modernização que deve culminar com melhorias no serviço prestado.

A Enel Distribuição Goiás pretende focar na inovação tecnológica para melhorar a qualidade do serviço e modernizar a rede elétrica que atende 2,9 milhões de clientes. De acordo com a empresa, foram investidos R$ 830 milhões em 2017. Outros R$ 2 bilhões devem custear mais obras nos próximos dois anos.

A venda da Celg para a Enel foi concluída em 14 de fevereiro de 2017, por R$ 2,187 bilhões. No Brasil, a Enel também no Rio de Janeiro, Ceará e Rio Grande do Sul.

Um dos principais focos dos novos investimentos da Enel em Goiás é o Projeto Telecontrole, que consiste na automação da rede elétrica de média tensão, por meio da instalação de equipamentos telecomandados e de um sistema de gestão remota. Mil dispositivos devem ser instalados em 2018 e a expectativa é que este número chegue a 5 mil até 2020. A empresa, que atua em cinco continentes, disse que já utiliza esta tecnologia em outros países, como a Itália e a Romênia. Por meio do Telecontrole, a distribuidora consegue identificar e isolar, com mais agilidade e à distância, falhas ocorridas na rede, reduzindo o número de clientes afetados, com claros benefícios em termos de qualidade do serviço.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!