Chega em Goiânia a UPTrip novo aplicativo de transporte particular

As corridas serão liberadas entre o dia 15 ao dia 22 de fevereiro.

Em entrevista ao Jornal Diário do Estado, o franqueado da UPTrip em Goiás, Alex Walbert, falou sobre o novo aplicativo de transporte particular que chega em Goiânia. Ele começa a operar a partir de 15 de fevereiro.

O franqueado apresenta que: “o UPTrip é um aplicativo de viagem particular, antes chamado de Mobilidade Urbana. A gente veio para concorrer com grandes empresas, com tecnologia 100% nacional e a gente quer compor mais uma opção de aplicativo de transporte para a população, aproveitando lacunas que outros aplicativos estão deixando. Através de pesquisas de trabalhos, a gente identificou essas possibilidades de melhorias, evoluindo o conceito de transporte particular. Com vantagem para os motoristas e passageiros”.

Em relação às vantagens para o motorista, ele explica que: “hoje o motorista tem uma situação de taxa que ele paga para as operadoras, no nosso caso será da mesma forma, o problema é que varia de acordo com dia e horário, e com isso o motorista só fica sabendo quanto vai ganhar horas ou dias depois, quando ele observa no extrato dele. O que nós fizemos foi uma taxa única de 15% independente do dia e horário. Além disso, existe um extrato financeiro no aplicativo voltado para ele, bem fácil de ser utilizado.” Em relação aos benefícios para os usuários, ele informa que será apresentado um formato de tarifa mais barato que os dois concorrentes. “A gente vai unir esses dois, com um clube de vantagens. Todas as pessoas cadastradas na plataforma usuário ou motoristas, estarão em uma plataforma com empresas virtuais ou presenciais com diversos descontos, Outro diferencial é um atendimento específico e exclusivo para mulheres, onde poderá ser atendida somente por motoristas mulheres, as motoristas mulheres também terão essa opção.”

Sobre a segurança no aplicativo, ele afirma que será realizado o informativo, através de mensagens, falando sobre a segurança não só física dos motoristas e passageiros. “Em questão da pandemia também, sanitária. Também trabalhamos com seguros que amenizam alguma situação, assim como o botão de emergência no aplicativo do motorista e do passageiro, que já temos parceria com órgãos públicos de segurança, e acionará a polícia para solucionar a situação”, informa.

Ele destaca que em Goiás, o aplicativo está na fase de cadastro de motoristas. Estão sendo trabalhadas seis cidades no momento: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade, Senador Canedo, Anápolis e Rio Verde. As corridas serão liberadas entre o dia 15 ao dia 22 de fevereiro.

Sobre a funcionalidade do aplicativo, ele afirma que é a mesma dos outros aplicativos de transporte particular. Acrescendo que na parte de conversação entre o usuário e motorista existem mensagens prontas sobre se o motorista está chegando, assim como para o usuário.

Em relação ao pagamento, será realizado por meio de dinheiro, cartão de crédito e débito, sendo apresentado a função de pagar na próxima viagem. O aplicativo estará disponível no Google Play, Play Store e IOS para todos os dispositivos móveis. Ele está sendo dividido entre UPTrip motoristas e UPtrip.

Tags: