China afirma que foi verificado indícios de fraudes nas etiquetas de pacotes de sementes

Pacotes chegaram em diversas regiões do país

A Embaixada da China no Brasil anunciou ter sido verificado indícios de fraudes nas etiquetas de pacotes de sementes de plantas enviados do país asiático para diferentes regiões brasileiras. O Ministério da Agricultura está investigando a procedência dessas sementes .

Em nota, o órgão chinês informa ter sido informado pela Agricultura e pela imprensa que brasileiros de diversos locais do país tem recebido pacotes contendo sementes de plantas e que alguns deles têm a etiqueta com ideogramas chineses.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A Embaixada informou que sementes são artigos de envio proibido ou restrito para os países membros da UPU (União Postal Universal), e o Brasil não faz partes. Os Correios da China declararam para o órgão que “seguem rigorosamente as disposições da UPU e vetam o transporte postal de sementes”. 

“Uma verificação preliminar constatou que as etiquetas de endereçamento apresentam indícios de fraude, com erros no código de rastreamento e em outros dados. A Embaixada está disposta a cooperar com a investigação das autoridades brasileiras”, finalizou.

Tags: