China recomenda à tripulação de cabines o uso de fraldas para evitar contágio da Covid-19

A tripulação de voo deve usar máscaras e óculos de proteção, mas não precisa de fraldas

O órgão regulador da aviação da China divulgou novas recomendações para combater a disseminação da Covid-19. Os novos regulamentos incluem tripulantes de cabine usando fraldas para adultos em voos para evitar o uso do banheiro em áreas de alto risco.

Conforme com a nova lista de diretrizes  para companhias aéreas chinesas em zonas de alto risco, os banheiros podem ser locais fáceis para pegar germes que podem levar à infecção por Covid-19. Para evitar o contato, a China recomenda que os tripulantes de cabine usem fraldas para adultos em seus voos. Embora recomendadas, seu uso não é obrigatório.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A Administração de Aviação Civil da China (CAAC) informou que a recomendação deve ser aplicada a voos charter de e para países e regiões onde o contagia seja superior a 500 em cada um milhão de pessoas.

Também são aconselhados a usar máscaras, óculos de proteção, luvas de borracha, uma cobertura descartável para o cabelo, uma capa descartável para roupas e capas descartáveis ​​para sapatos.

A tripulação de voo deve usar máscaras e óculos de proteção, mas não precisa de fraldas, conforme o órgão regulador.

Tags: