//

Black Friday 2021: Registrado em Goiás aumento de 192% do número de autuações em lojas, comparado com 2020

Em
Procon Goiás realizou Operação Black Friday 2021 e percorreu 4 cidades do estado.

Segundo dados do levantamento da Conversion, agência de Search Engine Optimization (SEO), as visitas nas principais lojas virtuais cresceram 42,24% na semana da Black Friday 2021, em comparação com os sete dias anteriores. O mercado e-commerce na semana de descontos teve um aumento por conta do movimento de alta do comércio eletrônico brasileiro nos últimos meses em meio à pandemia, é o que diz a agência,

Já no comércio físico, outro dado chamou a atenção ao ser divulgado pelo Procon Goiás, que mostrou um aumento de 192% no número de autuações em lojas, comparado ao ano anterior. Ao todo o órgão percorreu 77 lojas físicas e autuou 50 empresas entre os dias 23 e 26 de novembro. A ação foi intensificada na última sexta-feira (26/11), data da Black Friday.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo o Gerente de fiscalização do Procon Goiás, Antonísio Teixeira, o grande número de autuações nas empresas, se deu pelo descumprimento das normas e leis.

“Durante toda semana fiscalizamos várias empresas e encontramos irregularidades nos preços dos produtos de promoção. Todas empresas que foram multadas estavam descumprindo às normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC) e da Lei Estadual nº 19.607. Ela obriga que fornecedores devem informar o consumidor o histórico de preços de produtos e serviços em promoção no período dos últimos 12 meses”, relata Antonísio.

Durante a Operação Black Friday 2021, além de lojas de rua e shoppings de Goiânia e Aparecida de Goiânia, foram fiscalizados os shoppings da cidade de Anápolis e o outlet do município de Alexânia. Alguns estabelecimentos comerciais também foram autuados por publicidade enganosa ou ainda por descumprirem a legislação quanto à divulgação dos preços e divulgação da Lei do Troco, além de não contarem com exemplares do CDC à disposição dos consumidores.

Multa e Denúncias

O gerente de fiscalização do Procon Goiás, ainda relata que o valor da multa para o estabelecimento depende de muitos fatores.

“O valor da multa depende do tamanho do estabelecimento, reincidência e teor da irregularidade cometida. A multa é de R$720 e pode chegar a até R$10 milhões. Contudo, essa lei não vale só em época de Black Friday, e sim, todos os dias”, comenta o gerente.

É bom lembrar que o Procon continuará recebendo reclamações presencialmente e atuando para concluir as denúncias. Para quem tiver alguma reclamação, o consumidor pode acionar o órgão por meio do Disque-Denúncia 151 (Goiânia) ou (62) 3201-7124 (interior).  O atendimento na sede ocorre mediante agendamento pela plataforma Procon Web. Pela mesma plataforma também é possível registrar denúncias e reclamações.