// Poder

Bolsonaro nega que tenha pedido ajuda a Biden: “não existe isso daí”, diz

Presidente reafirmou que conversou reservadamente com líder político americano e que qualquer conteúdo sobre o encontro "é especulação"

Em

Durante entrevista à CBN de Recife, o presidente Bolsonaro negou que tenha pedido para que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, o ajude a ganhar as eleições.

Bolsonaro abordou o tema nesta segunda-feira (13), desmentindo então a publicação da agência de notícias Bloomberg.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Não existe isso daí. Houve uma reunião bilateral. Umas 20 pessoas presentes. Foram 30 minutos de conversa, depois eu pedi uma conversa [reservada] com Biden. O que tratamos ali é reservado.  Cada um poderia falar o que bem entender”, garantiu Bolsonaro à CBN.

Ainda de acordo com o presidente, nenhuma revelação sobre a conversa com o Biden partiu de sua equipe e qualquer divulgação sobre o assunto “é especulação”.

LEIA TAMBÉM

• Ex-jogadores de vôlei, atores e estrela pornô: os candidatos famosos nas eleições• Alexandre de Moraes discursa em defesa das urnas eletrônicas e do sistema eleitoral• Pesquisa Quaest acena para vitória de Lula no 1° turno e cenário de estabilidade

Apesar da afirmativa do presidente, o colunista Jamil Chade, do Uol, confirmou a informação com duas fontes ligadas a diplomacia, antes de divulgar a notícia.

Bolsonaro e Biden se encontraram na semana passada durante a Cúpula das Américas, evento promovido pelo presidente americano.

De acordo com fontes anônimas citadas pela Bloomberg, enquanto o presidente do Brasil citou Lula como “um perigo para os interesses dos EUA”, Joe Biden se posicionou pedindo que seja respeitado a integridade eleitoral do Brasil.

Ainda de acordo com a Bloomberg, até o momento, nem o governo brasileiro, nem o americano comentaram as publicações.

Tags: